ACidadeON

Política

PGR apura se delator da Lava Jato voltou a cometer crime

Lava Jato Carlos Alexandre de Souza Rocha delação PGR

| Estadao Conteudo

A Procuradoria-Geral da República decidiu apurar se um dos delatores da Lava Jato, Carlos Alexandre de Souza Rocha, conhecido como Ceará, descumpriu acordo de colaboração e voltou a cometer crimes após fechar delação com o órgão. Ceará atuava com o doleiro Alberto Youssef. Caso a PGR peça a rescisão do acordo de colaboração, caberá ao ministro Edson Fachin analisar o pedido. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários