Aguarde...

ACidadeON

Política

Skaf chama Doria de 'político de quinta categoria'

Declaração feita nesta quarta-feira (12), põe fim a um pacto de não agressão que vinha sendo respeitado entre os adversários

| FOLHAPRESS

Paulo Skaf é candidato ao governo do Estado. (Foto: Denny Cesare/Código 19)
 
O candidato do PSDB ao governo de São Paulo, João Doria, é um "político de quinta categoria" e está desesperado, na opinião do rival Paulo Skaf, candidato do MDB ao mesmo cargo.   

"Ele mostra ser um político de quinta categoria e mostra desespero. Ele já percebeu que não vai conseguir enganar o povo de São Paulo pela segunda vez", disse, em referência ao fato de o ex-prefeito ter abandonado o cargo para concorrer ao governo.   

A declaração feita por Skaf nesta quarta-feira (12) em evento de campanha na capital paulista, põe fim a um pacto de não agressão que vinha sendo respeitado entre os adversários.   

Depois que o nome do emedebista mostrou robustez em pesquisas de intenção de voto nos últimos dias, a estratégia tucana deu uma guinada e decidiu explorar a ideia de que Skaf esconde a imagem do impopular presidente Michel Temer (MDB).   

A escalada retórica subiu de tom nesta quarta, quando jornalistas questionaram os dois candidatos sobre o embate. Ambos permanecem tecnicamente empatados, mas Skaf cresceu numericamente.   

No primeiro turno, segundo pesquisa Ibope, ele aparece com 22% das intenções de voto, contra 21% do candidato tucano. Na projeção divulgada pelo instituto em 20 de agosto, Doria tinha 20% contra 18% do emedebista.   

Doria e Skaf vinham defendendo a ideia de que só faria uma campanha de propostas. O tucano, no entanto, já vinha antagonizando com candidatos de partidos mais à esquerda, como Luiz Marinho (PT) e Márcio França (PSB).

Veja também