Aguarde...

ACidadeON

Política

Missão de Bolsonaro é manter país unido e pacificado, diz Temer

| FOLHAPRESS

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Michel Temer afirmou nesta quinta-feira (15) que a principal missão de seu sucessor no Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro, será manter o país unido e pacificado. Em pronunciamento em cadeia nacional, em comemoração à Proclamação da República, ele defendeu que, passada a eleição presidencial, "a hora da divisão passou" e que torce pelo sucesso do capitão reformado. "Agora, a missão é manter o país unido e pacificado. A transição de governo que estamos fazendo é das mais civilizadas e cordiais. Torço pelo sucesso do novo presidente. Quero que o Brasil cresça e avance ainda mais do que no período em que estive à frente da administração federal", disse. Em um recado ao militar, o presidente lembrou a importância do regime democrático e pregou que todos devem ter compromisso com "o bem estar da nação" e com a "valorização da mulher". "Vivemos um dos mais longos ciclos democráticos de nossa história que, na verdade, sempre foi repleta de interrupções na normalidade institucional. Nossa Constituição Federal comemorou 30 anos em outubro, provando a vitalidade de nossas instituições", afirmou. Temer avaliou que o processo eleitoral deste ano ocorreu com "vigor extraordinário" e que o país ainda tem desafios imensos a superar. "Ainda há muito a fazer. Trabalharei todos os dias para deixar a casa em ordem e tudo preparado para avançar ainda mais. Afinal, o sucesso do presidente Bolsonaro será o sucesso de todo nosso país", ressaltou. BOLSONARO O presidente eleito, Jair Bolsonaro, passou o feriado em sua casa no Rio, sem compromissos oficiais. Durante a tarde, ele recebeu visita do pastor Silas Malafaia, um dos líderes evangélicos mais alinhados à candidatura do militar reformado.  

Veja também