Publicidade

politica

Nome de Soraya Thronicke a presidente irá para convenção do União Brasil

Nome de Soraya Thronicke a presidente irá para convenção do União Brasil

| Estadao Conteudo -

O União Brasil levará o nome da senadora Soraya Thronicke (MS) a presidente da República para convenção nacional nesta sexta-feira, 5, informou a cúpula da legenda nesta tarde. Soraya ascende à vaga após seu correligionário e líder do partido, Luciano Bivar (PE), desistir de concorrer para tentar à reeleição como deputado. "Hoje é um dia de muita felicidade para o União Brasil", resumiu Bivar na abertura do evento que marcou a confirmação da escolha do nome da senadora, em São Paulo.

De acordo com os integrantes da sigla, Soraya é "muito bem avaliada". O nome a vice na chapa será definida até sexta-feira, no fim das convenções partidárias. Segundo ele, o nome será a "cereja do bolo".

Soraya afirmou não ter preferência por um nome masculino ou feminino, mas adiantou que o partido não seguirá a estratégia de formar uma chapa pura. A senadora agradeceu o convite para concorrer ao Planalto substituindo Bivar, "uma tarefa difícil", segundo ela.

Segundo ela, o projeto de Bivar, que se sustenta principalmente na proposta da criação de um imposto único, terá continuidade, mas com um "toque feminino".

Vice-líder do governo Jair Bolsonaro (PL) no Congresso, a senadora mas adotou posições críticas ao presidente em relação à pandemia. Diferentemente de Bivar, a Soraya não precisa renovar o mandato e ainda tem mais quatro anos no Congresso, o que a permite entrar na disputa presidencial sem ter que abrir mão do cargo.

Soraya era cotada para a vice de Bivar. Integrantes da cúpula do União Brasil dizem que o movimento do deputado passou por um acordo de apoio informal ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Inicialmente, o diretório da legenda em Pernambuco calculava eleger os deputados federais Mendonça Filho e Fernando Coelho Filho. Colegas de Bivar no Estado dizem que ele vai tentar garantir a reeleição buscando se associar a Lula, que é popular em Pernambuco.

Publicidade