Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Comercial tem time pra ficar entre os 8 e não para brigar pelo título da A-3

Edson Vieira faz discurso humilde pra justificar campanha do Leão

| ACidadeON/Ribeirao


CHEGANDO
Domingo às 10h  no Palma Travassos,  o Comercial recebe o Rio Preto. Torcedor ainda meio desconfiado não tem comparecido
em grande número na Joia. Mas acho que já dá pra acreditar no Leão. Depois de uma derrota na estreia, teve mudança de treinador,
o que deixou muita gente em dúvida, mas hoje, com o passar do tempo, todo mundo deu razão pra diretoria, que não perdeu
tempo e foi buscar Edson Vieira.

MARADONA
Edson Vieira, que virou Edson Maradona nos anos 90 quando passou pelo Comercial como jogador, meia habilidoso, chegou pra
mostrar que realmente conhece a divisão. Além disso, é um cara que fala a língua do boleiro. Chegou com humildade e fez uma
declaração honesta: " o Comercial tem time pra ficar entre os 8, mas não pra brigar pelo título", disse assim que foi apresentando
à imprensa. É claro que ele sabe do potencial do elenco e dos adversários, mas é o tempo de fala que tira um pouco a responsabilidade
dos jogadores. O que vier além disso é lucro. Mas, acho que às portas fechadas, ele deve "encher a bola" equipe dizendo que o Alvinegro
é o melhor de todos, e que vai brigar com Noroeste, Velo e Desportivo Brasil na luta pelo título.

CIGANO
Apesar da idade, 53 anos, o paranaense Edson Vieira é extremamente rodado. Como jogador vestiu a camisa de dezenove clubes, como assistente técnico e treinador, seu currículo é bem mais extenso: foram 46 clubes no Brasil e e no exterior. Sem contar com duas passagens pela seleção brasileira, sub-16 e de novos.  Portanto, nem precisamos falar de sua experiencia, dentro e fora de campo. Dá pra imaginar com quantos jogadores e técnicos renomados Vieira trabalhou?  Independente de conquistas, ele chega para brilhar aqui em Ribeirão. Se a diretoria lhe der um bom respaldo, um elenco forte com salário e bichos em dia e condições de trabalho, como campo de treinamento, materiais esportivos, etc...com certeza o Comercial tem tudo pra brigar pelo acesso.  


ATROPELOU  
E esse Santos que leva 5 do Ituano e faz 7 a 1 em cima do Altos do Piaui pela Copa do Brasil.
Claro que não dá pra comparar. Ontem o Peixe jogou "contra o vento". Um adversário fraco, que se intimidou diante de um grande, não viu a "cor" da bola. Deve "visto" o fantasma do Pelé. Tremeu na base. Mas não dá pra cobrar muito não, o clube é novinho, foi fundando em 2013. A Associação Esportiva de Altos leva o nome da cidade (Altos) que fica na grande Teresina, com quase 40 mil habitantes. O Santos fez 6 jogos na temporada e marcou 19 gols - média de 3,1 por partida, pensa agora no Paulistão, joga domingo contra  o Mirassol em casa.
 

 

 

Divulgação 


 LIBERTADORES

A derrota ontem por 2x0 para Talleres ontem em Córdoba, na Argentina, complicou a vida do São Paulo. Irregular no Paulistão, o Tricolor fez um péssimo segundo tempo e voltou pra casa de cabeça baixa. O time não se acerta. Dentro de campo, não tem padrão, fora dele, a diretoria não se entende. Algo está errado no Morumbi. Raí, diretor-executivo do Tricolor, dá uma de "bom moço" e isso ele é, afirmou  que assume a culpa mau momento do São Paulo e garantiu a permanência do técnico André Jardine e disse confiar na reviravolta no Morumbi, na próxima quarta-feira. Para avançar de fase e encarar outro mata-mata, contra o vencedor de Independiente Medellín, da Colômbia, e Palestino, do Chile, o São Paulo precisa vencer por três gols de diferença. Missão quase impossível.


Mais do ACidade ON