Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Regulamento foi decisivo para eliminação do Comercial

Desclassificação não foi no fim de semana

| ACidade ON


CAIU DE PÉ
O Comercial se despediu dignamente da Série A-3 do Campeonato Paulista. Mesmo perdendo por 3x2 para o Desportivo Brasil, sábado, Porto Feliz, o Leão mandou no jogo. Não se intimidou, não deu uma de Corinthians (contra o Santos e São Paulo, que só se defendeu), foi corajoso, mesmo tendo que correr sempre atrás do placar. O Leão não se apequenou. Teve a bola do jogo aos quarenta e cinco do segundo tempo e outras oportunidades ao longo do duelo. A desclassificação não foi neste segundo jogo e sim na fase de classificação, ontem terminou em sexto lugar. A impressão que dá é que o alvinegro não estava muito preocupado em ficar entre os quatro primeiros. O discurso era a classificação não importando a colocação. Deu no que deu. O regulamento privilegiou quem fez melhor campanha, e Desportivo Brasil, que ficou em terceiro, acabou se beneficiando com uma vitória e uma derrota, o seja, o placar agregado, ficou 3x3 e o time de Porto Feliz ficou com a vaga. O jogo de ida, apenas 1x0 também acabou sendo pouco. Talvez uma diferença de dois, o Bafo tinha chegado lá.

ROUPA SUJA
Hora de ver e rever o que houve com o time esse ano. Tem que ser apurado, colocado às claras entre diretores e representantes do clube. Não vi jogadores e comissão técnica "ligados na tomada". Não que tenha tido corpo mole, mas esperava mais vibração, como foi ano passado. A própria torcida tinha um ar de desconfiança. Não foi aquele time de 2018 que mandava e desmandava na quarta divisão, onde os adversários viam o Comercial como grande, como favorito ao acesso, mesmo perdendo o título em casa, mas subiu, era o que precisava. Esse ano temos que acompanhar de camarote clubes como Audax, Barretos, Monte Azul e Desportivo Brasil, brigando por duas vagas e consequente mente ao acesso. É triste, mas é a realidade. Com todo respeito por esse quarteto, não dá pra comparar com a tradição, a camisa, a torcida, a cidade e ao próprio Comercial. Mas futebol é assim, ganha-se dentro de campo. Cidade, torcida, camisa, tradição, não fazem gol, não pegam pênalti, não ganham jogos. Três treinadores em 17 jogos. O primeiro caiu na estreia, o segundo ainda ficou mais e o último, apenas pra comandar a equipe em duas partidas. Tá certo isso? Com a palavra a diretoria alvinegra.


INDEFINIDO
São Paulo e Corinthians começaram a decidir o título do Paulistão 2019. Jogo tecnicamente fraco no Morumbi. O Tricolor foi melhor", "martelou o jogo todo, mas faltou colocar o pé na "forma". Sem pontaria, o time do técnico Cuca pagou pelo resultado. Foi superior, queria definir o placar nesse primeiro duelo, mas não deu. Sorte do Timão, que agora joga em Itaquera e pode até fazer a lição de casa e ficar com o título. Mas dá pra falar que o título está em aberto. Um novo empate e a decisão será nos pênaltis, e aí tudo pode acontecer. Acho prematuro arriscar um palpite, mas se o São Paulo tinha um pequeno favoritismo no jogo de ida, dá pra imaginar que as coisas se invertem e que o Timão pode reverter essa pequena vantagem. De qualquer maneira, o título não vai ficar com quem foi melhor na semifinal: O Santos, que triturou o Corinthians, mas ficou pelo caminho.