Aguarde...

Assédio às assistentes virtuais

Elas sofrem com preconceito de gênero e, normalmente, respondem aos assédios com frases passivas, tolerantes e subservientes

| ACidade ON

Assitentes virtuais normalmente tem nome de mulheres (Bia, Lu, Siri, Alexa, etc). 

Movimento quer acabar com isso. 

Projeto "Hey Update My Voice" ("Hey, atualize minha voz", em tradução livre) convida o público e as empresas a discutirem o assunto.  

No site do movimento, o público encontra um campo chamado "sua voz", em que é possível gravar mensagens de voz de até 15 segundos com sugestões de respostas para as assistentes aos assédios sofridos. Dessa forma, o intuito da campanha é fazer com que as empresas recebem as mensagens e alterem suas respostas de suas assistentes virtuais a partir dessas sugestões. Essas sugestões de frases serão analisadas por uma comissão competente.

Mais do ACidade ON