Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

A previdência complementar serve para proteger

Utilizar a previdência para fins políticos traduz a insignificância da cidadania, previdência complementar é para proteger

| ACidadeON/Ribeirao

Previdência Complementar é para proteger!  


Utilizar a previdência para fins políticos traduz a insignificância da cidadania.  


É claro que uma estrutura previdenciária protetiva também pode ser economicamente viável.  

A composição dos sistemas de repartição e capitalização considerando um teto salarial é medida que se adota pelo mundo afora, a exemplo do que acontece em países civilizados, como medida de diminuição das desigualdades sociais.  

Ao contrário do que acontece no mundo afora, acontece no Brasil adentro. E por um motivo claro: o homem não está sendo o propósito da reforma.  

Quando se cria ou se altera um novo modelo previdenciário é por que aquele que se pretende extinguir ou alterar já não atende mais aos anseios da sociedade ou por que está gerando desequilíbrio entre as partes a ponto de uma não mais conseguir manter a outra, e vice-versa.  

Não há nada de errado nisso. Os Sistemas previdenciários foram criados para serem mudados, alterados, reformados por que a sociedade é dinâmica. Ela também muda.  

Em minha concepção, quando se perde o propósito, perde-se a razão, rasga-se a natureza, substitui-se o bem a ser protegido, que neste caso é a pessoa, muito mais que uma pessoa, o futuro de uma pessoa, sua própria dignidade.  

Utilizar a previdência como ferramenta de solução de problemas pequenos, travestidos de interesse público, é criar uma conta impagável para as próximas gerações, que já estão destinadas a viver como pedintes.


Mais do ACidade ON