Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Começou a corrida à aposentadoria

Tem mais gente esperando por mais tempo para ter seus processos analisados. Saiba quais são as saídas para encurtar o caminho.

| ACidade ON

Já estava demorando. Todas as vezes em que a previdência é alvo de alguma reforma, as pessoas que já têm direito à aposentadoria, ou que acham que já tem direito, correm para protocolar.
Isso não é novidade. Já aconteceu em 1991, 1998 e em 2003, além de vários outros momentos em que tivemos outros ajustes previdenciários. Eu fiz vários vídeos e criei um site só para explicar isso: www.reformadaprevidencia.com.br  

Medo da mudança das regras 

Ninguém acredita mais nesta história de direito adquirido.
O que eu posso dizer é que sempre quando houve mudança, os direitos adquiridos foram assegurados, aliás, tem situações que o trabalhador pode até ganhar com as novas regras. Penso que deveria ficar mais atento e tomar cuidado nesta hora para não ter um benefício baixo para o resto da vida, aliás tem muitas notícias falsas que prejudicam o trabalhador.  

Mais dificulta do que facilita 

O INSS criou um caminho mais rápido para solucionar o processo: o processo eletrônico. Ocorre eu tem muita gente que não está familiarizada com este ambiente virtual. 

O fato é que  tem mais gente na fila de espera para começar a receber a aposentadoria. 

Reclamações 

O trabalhador não tem que ficar esperando a boa vontade do INSS para analisar os processos. O prazo é de 45 dias, já disse o STF.
Até poucos meses atrás a orientação era reclamar na Ouvidoria da Previdência. E até dava certo.
Agora não posso dizer o mesmo. Tem muitos casos pendentes de análise. O que o cidadão mais ouve é: seu caso está em análise. E os Servidores da Previdência estão no limite.  

A Justiça pode ser o caminho 

A solução pode ser um Mandado de Segurança na Justiça.
Neste tipo de processo (Mandado de Segurança) o Juiz não analisa se o beneficiário tem direito ou não.  

O que o Juiz faz é apenas verificar se a Previdência está atrasada e determina, se este for o caso, que a pessoa responsável pelo processo proceda a análise (concedendo ou negando o benefício). Por isso ele é rápido.


Mais do ACidade ON