Aguarde...

colunistas e blogs

Hilário Bocchi

Nova portaria do INSS cria regras para facilitar acesso

As novas regras visam estabelecer atendimento aos segurados durante período de calamidade pública em virtude do risco de contaminação por Coronavírus

| ACidadeON/Ribeirao

Hilário Bocchi Junior
  

A nova Portaria publicada pelo INSS estabelece regras e medidas para atendimento aos trabalhadores e beneficiários enquanto o País tem adotado medidas de prevenção à contaminação por COVID-19, o novo Coronavírus.  


A situação de manifestação da doença já está em escala mundial, tratada como uma pandemia. Líderes da Presidência de República, Estados e Municípios têm adotado métodos para conter o avanço da doença. Daí a necessidade da medida adotada pelo INSS.  


No link o acesso à Portaria: http://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-8.024-de-19-de-marco-de-2020-249028145  


Uma das definições se refere ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), que é um beneficio de renda - no valor de um salário mínimo para pessoas com deficiência, em qualquer faixa etária, ou para idosos acima de 65 anos que apresentam impedimentos de longo prazo, de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, e que, por isso, apresentam dificuldades de integração social.

BPC-LOAS
Requerimentos: Os requerimentos de Benefício de Prestação Continuada (BPC) para pessoa com deficiência também pode ser feita pelo Meu INSS, aplicativo ou internet.  


Benefícios em análise: Quem está aguardando a análise do BPC (para pessoa com deficiência) poderá receber um adiantamento de R$ 200. São 470 mil pessoas à espera de análise. O Congresso Nacional precisa aprovar o projeto de lei.  


Pente fino: Outra medida que visa à segurança dos beneficiários é suspender a necessidade de cadastro no CadÚnico para receber o BPC.

Mais do ACidade ON