Aguarde...

Conheça os 5 tipos de aposentadoria

Fazer sua própria análise previdenciária e sabendo quais são os tipos de benefícios vai te ajudara escolher a melhor aposentadoria

| ACidade ON

Ainda dá tempo para se aposentar sem idade mínima. Existem duas regras de aposentadoria que permitem isso: a de direito adquirido e de 50% de pedágio.

Mas tem outras três que permitem escapar das novas regras da reforma da previdência. A imposição de idade mínima criou um obstáculo para quem estava pensando em se aposentar. Principalmente para aquelas pessoas que começaram a trabalhar cedo, estão completando o tempo para se aposentar, mas ainda estão longe da idade imposta pela lei. Mas ainda tem como se aposentar sem ter idade mínima.

O PRIMEIRO TIPO de aposentadoria, a do direito adquirido, é para quem completou o tempo de serviço até a reforma da previdência em novembro de 2019. O homem que tinha 35 anos e a mulher que tinha 30, independentemente da idade, ainda conseguem se aposentar. Detalhe: dá para recuperar o tempo do passado que não foi documentado. Não importa que o benefício seja requerido agora, daqui um ano ou daqui dez anos. O importante é provar que em 12 de novembro já havia sido preenchido os requisitos para obtenção da aposentadoria. Então ainda pode dar tempo!

O SEGUNTO TIPO, que também não exige idade mínima é a regra de transição com pedágio de 50%, funciona assim: tem que apurar quanto tempo de serviço você tinha em 12/11/2019, quando foi aprovada a reforma da previdência. Quem estava há dois anos da aposentadoria, homens com 33 anos de serviços e mulheres com 28, dá para completar o tempo de serviço contribuindo com mais 50% do tempo que faltava. Exemplo: Um homem que tinha 33 anos, faltava dois, então vai ter que contribuir esses dois que faltam, mais 50%. 50% de dois é um. Então ao invés de se aposentar com mais dois de contribuição, a aposentadoria vai acontecer depois de três anos. Os Dois que faltavam, mais o um dos 50% a mais. Dá para entender?

Agora, os outros tipos de aposentadoria exigem, de uma ou de outra forma, direta ou indiretamente a somatória de uma idade mínima. O TERCEIRO TIPO é a regra de 100% de pedágio. Por meio desta regra o trabalhador tem que contribuir o dobro, 100% do tempo que faltava para se aposentar quando a reforma da previdência foi aprovada. E não é só isso. Tem que ter também a idade mínima que é de 57 anos para a mulher e 60 anos para o homem. Então são duas coisas: pedágio de 100% e, preste atenção, e idade mínima 57 para mulher e 60 para o homem. Esta regra também se aplica para o servidor público.

O QUARTO TIPO é a regra de pontos. Ela já existia. É aquela de 85/95 lembra? Mas antes aumentava um ponto a cada dois anos. Agora é um ponto por ano. Fica mais difícil alcançar. No ano de 2020 é 87 pontos para a mulher e 97 pontos para o homem. Em 2021: 88 para mulher e 98 para o homem. E assim por diante até chegar em 100 pontos para a mulher e 105 para o homem. Vai chão...

O QUINTO TIPO é a regra de tempo de contribuição mais idade mínima. Nesta regra quase todo mundo vai chegar na aposentadoria por idade porque aumenta meio ano de idade mínima por ano.

Eu sei que é complicado. Se você tiver dificuldade para fazer os cálculos eu preparei um aplicativo chamado www.tempodeservico.com.br. Acesse e entenda! É gratuito!

O valor do benefício será definido de acordo com a regra de aposentadoria pretendida, lembrando que o trabalhador pode escolher o benefício e a fórmula de cálculo mais vantajosos quando possuir o direito de ter mais de um benefício ou mais de uma forma de cálculo.

CÁLCULOS
As cinco hipóteses de aposentadoria são calculadas de três formas diferentes.

Vamos à regra um
A regra com direito adquirido ou com pedágio de 50% permite excluir 20% das menores contribuições. As outras não. Mas tem fator previdenciário.

Na regra dois
A regra do pedágio de 100% do tempo que falta para aposentadoria quando a reforma aconteceu (11/12/2019) garante benefício de 100% da média salarial, mas não é permitido excluir 20% das menores contribuições. Homens têm que ter 60 anos de idade e mulheres tem que ter 57.

A regra três
Aplicada a duas situações de aposentadoria: regras de pontos e de aposentadoria por tempo de contribuição mais a idade mínima o cálculo é feito com base em 60% da média salarial, sem exclusão de 20% das menores contribuições. Este percentual será acrescido de 2% por ano completo de atividade para homens que excederem 20 anos de contribuição e para mulheres que excederem 15.

Eu sei que é complicado, mas eu estou aqui para ajudar.

No meu canal no YouTube tem um vídeo em que explico ainda mais sobre este assunto. Clique aqui e assista!


Caso tenha dúvida ou sugestão, fale comigo. Clique aqui!




Mais do ACidade ON