Aguarde...

ACidadeON

Voltar

colunistas e blogs

Vicente Golfeto

Cai o número de furto e de roubo de veículos

Confira a análise no texto do professor Vicente Golfeto

| ACidadeON/Ribeirao

Vicente Golfeto, colunista do ACidade ON (Foto: Mastrangelo Reino / Arquivo A Cidade)
    Observado através da ótica de veículos automotores, automóveis e motos, principalmente, fica a impressão de que o objeto de desejo e também a moeda de troca está sendo cada vez menos os mencionados veículos e cada vez mais os telefones celulares. Conforme números extraídos, mês a mês, do site da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, sempre considerando o período de janeiro a outubro de 2 012 e do corrente exercício de 2 019, tendo como foco os 34 municípios que compõem a região metropolitana de Ribeirão Preto, também chamada de nossa microrregião, nós verificamos que, no que toca a furtos, a redução de um extremo a outro foi de 28,89%, indo de 3.157 para um número bem menor de 2.245. De todos os municípios que compõem a referida região, apenas dois, Taquaral e Nuporanga, conforme um dos quadros abaixo, não acusaram nenhum furto em ambos períodos considerados.  

.
    Já no que toca a roubos, Cássia dos Coqueiros mais Taquaral e Nuporanga foram os três municípios isentos de boletim acusando estas duas modalidades de crime. É interessante notar que dos três municípios mais populosos, Ribeirão Preto, Sertãozinho e Jaboticabal, apenas em Jaboticabal houve aumento na quantidade de roubo de veículos enquanto em Sertãozinho e em Ribeirão Preto houve redução. Já no que toca a furtos, os três apresentaram redução.
    Uma análise mais ampla e mais profunda do assunto exigiria uma pesquisa a respeito de outras modalidades de crime contra a propriedade inclusive, como dissemos acima, quanto ao número de celulares furtados, alguns dos quais gerando crime seguido de morte, chamado juridicamente de latrocínio.