Aguarde...

ACidadeON

Voltar

colunistas e blogs

Vicente Golfeto

PIB per capita por ordem decrescente

Confira a análise no texto do professor Vicente Golfeto

| ACidadeON/Ribeirao

Vicente Golfeto, colunista do ACidade ON (Foto: Mastrangelo Reino / Arquivo A Cidade)
    Através de números obtidos no site do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, nós conseguimos compor o quadro do PIB-per capita de cada um dos 34 municípios que compõem a região administrativa de Ribeirão Preto.
    O quadro abaixo, que fala com números o que nós pretendemos explicar com palavras, mostra, por ordem decrescente e em porcentagens, a evolução do mencionado PIB per capita. Referido quadro vem na sequência do PIB expresso em preços correntes comentado neste mesmo espaço no dia 3 de janeiro último. 

.
    A população é estimada anualmente enquanto o PIB em preços correntes e o PIB per capita, com a defasagem de dois anos, também são obra de pesquisa do IBGE. Combinando números com palavras, nós tentamos explicar a evolução do PIB per capita elencado por ordem decrescente. Interessante anotarmos, dentre outras, as três seguintes realidades, que poderão ser observadas e analisadas pelo prezado leitor desta matéria: 1- no arco do tempo, de 2001 a 2017, o PIB per capita médio dos 34 municípios mencionados aumentou de R$ 11.287,41 em 2001 para R$ 31.902,80 em 2017. A partir daí, extraímos a variação média de 182,64% que, em termos estatístico, representa o corte entre os municípios que tiveram expansão do PIB per capita maior, são eles, em número de vinte e quatro, e os que não chegaram a atingir este percentual. Estes são em número de dez; 2- dos 34 municípios, apenas Taquaral apresentou PIB per capita negativo, já que todos os outros 33 tiveram PIB crescente, ainda que em porcentagem abaixo do corte mencionado; 3- apenas dois municípios, Luís Antônio e Nuporanga, chegaram a atingir PIB per capita acima dos três municípios mais populosos. São eles, como se sabe: Ribeirão Preto, Jaboticabal e Sertãozinho, este o segundo mais populoso mas o terceiro na sequência mencionada.
    De qualquer forma, o PIB per capita, confrontado com o PIB expresso em preços correntes, traz à superfície números que começam a permitir conhecimento de detalhes que formam o âmago da região metropolitana de Ribeirão Preto.