Aguarde...

Cotidiano

Hemocentro de Ribeirão reverte câncer com tratamento inovador

Trata-se do primeiro resultado, na América Latina, que utiliza células CAR T no tratamento; A tecnologia desenvolvida é 100% brasileira

| ACidadeON/Ribeirao


Tratamento utiliza-se de células CAR T e tem tecnologia 100% brasileira (Foto: Pixabay / Divulgação)
O Hemocentro de Ribeirão Preto anunciou nesta quinta-feira (10), que conseguiu resultados muito positivos em um tratamento inovador contra o câncer.

Esse tratamento utiliza como base células CAR T e é o primeiro a ter resultado na América Latina. O Centro de Terapia Celular é a primeira instituição a desenvolver tecnologia 100% brasileira para a produção de células CAR T.

"As células CAR T são produzidas em laboratório e derivadas das células mais importantes do nosso sistema de defesa, as células T", informou a Agência Brasileira de Divulgação Científica.

Todo o resultado obtido será detalhado em coletiva, nesta sexta-feira (11), às 14 horas, pelo presidente do Hemocentro de Ribeirão Preto e Coordenador do Centro de Terapia
Celular (CTC) da USP, Prof. Dr. Dimas Tadeu Covas

Avanço conquistado

Cerca de 90% dos pacientes portadores de leucemia linfoblástica aguda de células B e, sem quaisquer perspectivas de tratamento, responderam ao uso de células CAR T, dos quais cerca de 60% obtiveram a cura.

"Utilizando o conhecimento adquirido, as células T de um paciente portador de Linfoma Não-Hodgkin avançado sem perspectiva alguma de tratamento foram processadas e
transformadas em células CAR T", seguiu a Agência Brasileira de Divulgação Científica, em nota.

A infusão ocorreu no início de setembro de 2019, no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, e, segundo a nota, o paciente teve excelente resposta ao tratamento. Após a infusão houve desaparecimento das lesões palpáveis do linfoma e interrupção do uso de morfina como analgésico.

Mais do ACidade ON