Aguarde...

Cotidiano

Caso Itaberli: Mãe é condenada por morte de filho em Cravinhos

Sentença foi lida na tarde desta quarta-feira (27), no Fórum de Ribeirão Preto; Itaberli Lozano foi morto a facadas e teve o corpo carbonizado

| ACidadeON/Ribeirao

Mãe confessou à Polícia Civil ter matado o filho, Itaberlly Lozano, na madrugada do dia 29 de dezembro (Foto: reprodução)
 
A mãe do jovem Itaberli Lozano, encontrado morto em um canavial de Cravinhos, em 2017, foi condenada a 25 anos e 8 meses de prisão. A sentença foi proferida no final da tarde desta quarta-feira (27), pela juíza Marta Rodrigues Maffeis Moreira, da 1ª Vara do Júri de Ribeirão Preto.  

Tatiana Ferreira Lozano Pereira foi considerada culpada pelo júri formado por quatro mulheres e três homens. O filho de Tatiana, Itaberli foi morto a facadas em dezembro de 2016 e o corpo foi encontrado dez dias depois.  

Além de Tatiana, também foram condenados Victor Roberto da Silva e Miller da Silva Barissa, que participaram do crime. Eles deverão cumprir 21 anos e 8 meses de prisão. O padrasto de Itaberli, o tratorista Alex Pereira, também estava no julgamento. Contudo, o advogado que fazia sua defesa abandonou o caso, alegando conflito de interesses, já que ele também defende Tatiana.  

De acordo com o promotor Elizeu Berardo, uma nova data para o julgamento de Alex Pereira deve ser remarcada. Ele é acusado de ocultação de cadáver e aguarda o julgamento em liberdade.  

As defesas dos condenados afirmaram que vão recorrer do crime em liberdade (com EPTV).


Mais do ACidade ON