Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Cotidiano

Mulher morta em Sertãozinho sofria ameaças do ex-marido

Casal estava separado há três meses; caso foi registrado pela Polícia Civil de Sertãozinho como feminicídio

| ACidadeON/Ribeirao

 
De acordo com a Polícia Civil, Joyce Mara Sanches, de 34 anos de idade, que foi assassinada nesta segunda-feira (9), em Sertãozinho, na região de Ribeirão Preto, sofria ameaças do suspeito, o ex-marido Gerson Aparecido Machado, de 39 anos, desde a separação do casal.  

O caso foi registrado como feminicídio seguido de suicídio, já que após atacar Joyce, o suspeito, Gerson Machado teria tentado tirar a própria vida com dois tiros. Ele foi socorrido e levado para a Santa Casa de Sertãozinho, onde foi avaliado pelos médicos na sala de emergência, e, após isso, seria encaminhado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva).  

Ele foi preso em flagrante pela PM (Polícia Militar), e está no hospital sob escolta policial.  

O delegado Targino Osório, da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Sertãozinho, afirma que Gerson já havia realizado ameaças contra a ex-esposa. "Ela tinha um processo de divórcio, e saíram algumas medidas quando se tomou conhecimento disso [das ameaças]", explica.  

De acordo com a Polícia, o casal tinha dois filhos, ambos menores de idade. Joyce estava separada de Gérson havia três meses.  

Segundo testemunhas ouvidas pela Polícia após o crime, a vítima sofreu vários disparos do ex-companheiro e chegou ser socorrida para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Sertãozinho, porém, ela não resistiu aos ferimentos.  

Leia mais:
Mulher é morta pelo ex-companheiro em Sertãozinho
  
 




Mais do ACidade ON