Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Cotidiano

MP apresenta denúncia contra acusado de esfaquear idosa

Liboni está preso preventivamente no CDP de Ribeirão Preto; A vítima permanece internada

| ACidadeON/Ribeirao

Em depoimento, Eduardo Liboni disse que estaria sendo perseguido (Foto: reprodução/EPTV)
 
O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) denunciou para Justiça o analista de sistemas Eduardo Liboni, que é acusado de ter cometido o ataque com uma faca contra uma mulher em Ribeirão Preto, no último sábado (4). Liboni está preso preventivamente no CDP (Centro de Detenção Provisória).  

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO
 
A denúncia foi apresentada pelo promotor Marcus Túlio Nicolino, na quinta-feira (9). No documento encaminhado para a 2ª Vara do Júri e das Execuções Criminais, o promotor apontou que o analista de sistemas cometeu o ataque por motivo fútil, meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.  

Para Nicolino, o crime foi motivado em razão de a vítima ser do sexo feminino. "[...] com menosprezo e discriminação à condição de mulher, por motivo fútil, meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima", escreveu.  

A denúncia foi recebida pela juíza Isabel Cristina Alonso Bezerra Zara, que solicitou para que a defesa de Eduardo apresente a resposta à denúncia no prazo de 10 dias.  

A vítima continua internada em estado grave na Santa Casa de Ribeirão Preto.  

Outro lado
 
A defesa de Eduardo Liboni disse que o analista de sistemas cometeu o ataque no momento que teve um surto e que não tinha consciência do atos praticados. Além disso, afirmou que a agressão não foi provocada por preconceito, ódio ou por razão da vítima ser uma mulher como alega o Ministério Público (com EPTV).  

Leia mais:
Homem que esfaqueou idosa postava fotos de mulheres na internet  

Homem que atacou idosa passará por avaliação psiquiátrica  

Homem que esfaqueou idosa alegou estar sendo perseguido


Mais do ACidade ON