Aguarde...

Cotidiano

USP busca voluntários diabéticos para medir efeitos da pandemia

Estudo quer ouvir pacientes que pertencem a este grupo de risco para reforçar os protocolos de tratamento da covid-19 associados a diabetes

| ACidadeON/Ribeirao

Diabetes (Foto: Divulgação/Pixabay)
 

Uma pesquisa conjunta, desenvolvida pela USP de Ribeirão Preto, Unifesp e Sociedade Brasileira de Diabetes, busca voluntários diabéticos, maiores de 18 anos, para uma análise comportamental e de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.  

De acordo com a universidade, 2 mil pessoas devem ser selecionadas para o estudo, intitulado "DIABETESvid: pesquisa sobre o autocuidado em diabetes e resiliência na pandemia da covid-19 no Brasil", e auxiliar os envolvidos a traçarem as principais dificuldades obtidas por esse grupo de risco durante o período de isolamento.  

As inscrições já estão abertas e os interessados devem responder a um questionário on-line, disponível no site da Faculdade de Medicina, até o dia 15 de outubro para descrever anonimamente suas histórias.  

Laercio Franco, professor no município e idealizador do estudo, diz que as informações sobre questões como a realização de exames, automonitoramento, acesso aos serviços de atendimento médico e etc podem ajudar os profissionais de saúde a adequar "suas intervenções diante do atual cenário epidemiológico" e contribuir nos tratamento disponíveis.  

Além disso, ele destaca que a relação da diabetes com a covid-19 pode causar alterações imunológicas nos portadores, além do descontrole do consumo de comidas causado pela quarentena, bebidas alcóolicas e da vida mais sedentária. Por isso, o projeto foi desenvolvido.  

"A ideia é verificar o grau de resiliência, autocuidado, orientações e as principais dificuldades encontradas pelo diabético neste período de isolamento social causado pelo novo coronavírus", finaliza a USP de Ribeirão Preto, por meio de nota.  

Acesse a fixa de inscrição aqui.


Mais do ACidade ON