Aguarde...

Cotidiano

Prefeitura desconversa sobre obrigação de vacina em Ribeirão

Executivo de Ribeirão Preto afirmou que a função do poder público é realizar a campanha e disponibilizar a vacina

| ACidadeON/Ribeirao


Freezer de vacinas de Ribeirão Preto (Foto: Weber Sian / ACidade ON)
A Prefeitura de Ribeirão Preto saiu pela tangente, nesta sexta-feira (18), após ser questionada pelo ACidade ON sobre uma possível obrigatoriedade da vacina contra a covid-19.  

Na última quinta-feira (17), o Supremo Tribunal Federal (STF) entendeu que Estados e Municípios podem impor sanções e ou restrições para as pessoas que não se imunizarem contra o novo coronavírus. Trata-se da possibilidade da vacina ser obrigatória.  

Questionada por e-mail se vai impor sanções aos munícipes que não tomarem a vacina, a Secretaria Municipal da Saúde encaminhou a seguinte resposta: "É dever do poder público informar a população sobre a campanha de vacinação assim como disponibilizá-la".  


Não vai comprar  

Sobre uma estratégia para comprar vacinas contra a covid-19 com recursos próprios, a Prefeitura de Ribeirão Preto informou que confia que os governos Federal e Estadual vão disponibilizar os imunizantes necessários.  

"A prefeitura esclarece que confia que haverá a disponibilidade da vacina, tanto por parte do governo Federal, quanto pelo governo Estadual, assim como sempre acontece nas demais vacinas que compõem o calendário oficial de vacinação", informou o Executivo.  

"Se eventualmente ocorrer quaisquer transtornos, a população não ficará sem assistência no que depender da Prefeitura", finalizou o Executivo, por meio de nota. 
 

MAIS 
Ribeirão Preto aguarda regras para definir meta da vacinação



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON