Aguarde...

Cotidiano

Jovem é vacinado com avó em Serrana e comemora: 'privilégio'

O estudante de jornalismo Hugo Reis, de 21 anos, e a avó Maria Degaspari, 68, são voluntários em estudo inédito dos efeitos da imunização em massa contra a covid-19

| ACidadeON/Ribeirao

  
O início da vacinação do 3º grupo (cinza) de Serrana, nesta quarta-feira (3), ficará marcado na vida do estudante de jornalismo Hugo Degaspari Reis.

O jovem, de 21 anos, e a avó dele Maria Assunta Scapucin Degaspari, 68, receberam a 1ª dose da CoronaVac na Escola Estadual Neusa Maria do Bem Professora, um dos pontos de imunização no estudo inédito conduzido pelo Instituto Butantan.
 
LEIA MAIS: Ribeirão tem 343 pacientes internados com covid

A pesquisa, chamada de Projeto S, tem o objetivo avaliar o impacto da vacinação em massa da população adulta do município - aproximadamente 30 mil pessoas.

"Hoje [quarta-feira, 3 de março], ao meu lado, a minha avó, com quem eu moro, também foi imunizada. Foi um privilégio e uma alegria, algo inexplicável. Acho extremamente importante a consciência da população em se vacinar, porque só assim venceremos o vírus", declarou o estudante em vídeo. (assista ao vídeo acima)

Degaspari ainda conta que, desde o início da pandemia, ele e a avó estão seguindo todos os protocolos sanitários, o que pode ter contribuído para que ambos não tenham contraído o novo coronavírus.

A previsão é que o jovem e a avó dele recebam a 2ª dose da vacina a partir do próximo dia 31.

Campanha  

O estudo do Butantan já imunizou 14.518 moradores de Serrana desde o início no último dia 17, aponta um balanço oficial. O número corresponde a 51,1% da totalidade de voluntários (28,3 mil). 

A vacinação do grupo cinza vai até o próximo domingo (7). Nos dias úteis, as doses são aplicadas das 14h às 20h30. Já no sábado e domingo, das 8h30.  

Antes dessa região, o estudo já havia abrangido os grupos das cores verde e amarelo.

Após o término da vacinação para o grupo cinza, terá início a última etapa do Projeto S, quando moradores da região azul deverão receber as doses entre 10 e 14 de março.   
 

Maria Assunta e o neto Hugo são voluntários de estudo inédito da vacinação contra covid (Foto: Divulgação / Redes Sociais)


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON