Aguarde...

Cotidiano

Veterinários relatam falta de medicamentos para intubação

Um dos medicamentos usados nas cirurgias dos pets é o Propofol ; O anestésico também faz parte do kit Intubação da Covid-19

| ACidadeON/Ribeirao

Clínicas veterinárias adiam cirurgias eletivas por falta de anestésico - Foto: Ivair de Oliveira
  

A falta de medicamentos para intubação também atinge clínicas veterinárias. Em Ribeirão Preto, as cirurgias eletivas nos animais, que são aquelas consideradas prorrogáveis - sem caráter de urgência ou emergência - estão sendo adiadas.

Um dos medicamentos usados nas cirurgias dos pets é o Propofol ; O anestésico também faz parte do kit Intubação para o tratamento da Covid-19. Com o crescimento das internações pela doença, a procura do fármaco disparou.

O médico-veterinário Tiago Marco, afirma que o problema já vem de um tempo. "A gente teve no início um aumento de preço, agora está exorbitante, uma coisa absurda ; além de tudo, falta o medicamento no mercado", explica Tiago.

Tiago ressalta que tem adiado cirurgias como castração, procedimentos em boca, limpeza de tártaro, entre outros.  

Estoque 

Em outra clínica em Ribeirão, a conduta também é priorizar os casos mais urgentes. A médica-veterinária, Juciane Cardoso, explica que só não ficou sem o anestésico, porque fez estoque. "Como já se falava sobre essa possibilidade de falta do medicamento, fui comprando desde o ano passado e guardando", disse Juciane.

O Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo, disse que não foi informado sobre o desabastecimento de medicamentos no mercado pet, mas que tem conhecimento de que algumas clínicas estão suspendendo cirurgias eletivas para colaborar com a saúde humana sem prejuízo para os animais.  

O Conselho disse ainda que tem orientado os profissionais da área a priorizar, só as cirurgias de urgências e emergências, devido a crise sanitária provocada pelo novo coronavírus. (Com EPTV)


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON