Publicidade

cotidiano

PróUrbano diz que vai acionar a Justiça contra greve em Ribeirão

Greve dos motoristas de ônibus em Ribeirão Preto está prevista para terça-feira (21); PróUrbano quer que parte da frota continue circulando

| ACidadeON/Ribeirao -

Greve do transporte coletivo de Ribeirão Preto começa nesta terça (21) (Foto: Michelle Souza/CBN Ribeirão)
 
O consórcio PróUrbano, responsável pelo transporte coletivo em Ribeirão Preto, informou na noite desta segunda-feira (20) que vai procurar a Justiça para tentar manter parte da frota de ônibus em circulação durante a greve dos motoristas, programada para ter início 0h desta terça-feira (21). 

De acordo com o consórcio, os advogados das empresas de ônibus vão entrar com ação nesta terça-feira no Tribunal Regional do Trabalho, que fica em Campinas. A data-base dos funcionários do transporte coletivo é em maio, contudo não houve um acordo entre as empresas e trabalhadores.  

LEIA MAIS  

Motoristas de ônibus mantêm greve para terça em Ribeirão
 

Prefeitura de Ribeirão descarta novo reajuste da tarifa do ônibus
 
O Seeturp (Sindicato dos Empregados do Transporte Urbano de Ribeirão Preto) pede a recomposição de 12,47% nos salários dos trabalhadores, no vale-alimentação e no PLR (Programa de Participação de Lucros e Resultados).  

O PróUrbano afirma que a proposta apresentada para categoria "foi justa", por conta da situação econômica do país. "O Consórcio chegou ao limite das negociações e infelizmente a greve foi declarada", disse em comunicado.  

Inicialmente, o percentual cobrado pelos motoristas foi oferecido apenas para reajuste dos salários, mas o sindicato pede que a recomposição também seja repassada para os benefícios.  

A reportagem do acidade on Ribeirão procurou o presidente do Seeturp, João Henrique Bueno, que informou que será declarada "greve total até o Tribunal determinar a quantidade de veículos".  

O que a Transerp diz?
 
A Transerp, empresa responsável pelo gerenciamento do trânsito em Ribeirão Preto, informou que foi notificada na manhã desta segunda-feira (20), juntamente com a prefeitura, sobre a paralisação e disse que está acompanhando as negociações entre o consórcio e o sindicato.  

É válido lembrar que entre a quinta-feira (16) e o domingo (19), as repartições da Prefeitura de Ribeirão Preto trabalharam apenas em regime de plantão devido ao feriado prolongado. A greve foi aprovada em assembleia na última sexta-feira. A Transerp só retomou o expediente nesta segunda-feira.  

VEJA TAMBÉM  

Covid: Saúde libera 4ª dose para quem tem mais de 40 anos
 
Ônibus do transporte público de Ribeirão Preto (Foto: Andrielly Ferro/ CBN Ribeirão)

Publicidade