(Foto: Pixabay) (Foto: Pixabay)

Ribeirão: Homem é condenado por divulgar fotos íntimas da ex

TJ-SP também determinou que ele deverá pagar uma indenização de R$ 72 mil; decisão confirma sentença da Justiça de Ribeirão Preto


O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) manteve a sentença da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Ribeirão Preto que condenou um homem por perseguição à ex-companheira.  

A pena é de seis anos, nove meses e 34 dias de reclusão, em regime inicial fechado, além de indenização por danos morais no valor de 20 salários mínimos – equivalente a R$ 72,7 mil nos valores atuais. De acordo com o processo, o casal manteve relacionamento por quatro anos. 

VEJA TAMBÉM

Motorista morre após capotar caminhão com ração em Jardinópolis

Violência: Mulher é esfaqueada no Centro de Ribeirão Preto

Após o término, o homem, que não teve a identidade revelada, criou perfis falsos com o intuito de divulgar fotos íntimas da ex-companheira por meio de rede social. 

O desembargador Machado de Andrade, relator do processo, considerou que as provas apresentadas demonstram que os acessos às contas falsas eram realizados pelo celular do réu. 

No aparelho, a perícia também encontrou vídeos e imagens da vítima. As mesmas publicadas pelo perfil fake.

“A pena-base foi fixada acima do piso, e assim deve permanecer, tendo em vista as circunstâncias judiciais desfavoráveis, em especial as consequências do crime (vítima amedrontada e com crises de ansiedade), e os motivos do réu (mero ciúmes que levou a uma exposição imensurável da ofendida)”, escreveu na decisão.

LEIA MAIS

Klara Castanho anuncia volta ao trabalho, após gravidez

(Foto: Pixabay)

Mais Notícias

Mais Notícias