Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

"Na hora não nos demos conta do quão perto passamos de uma fatalidade", diz motorista

Mulher, que estava no banco do passageiro, sofreu ferimentos nas pernas após galhos destruírem parte do veículo durante um temporal no domingo (10), em Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao

 

"Na hora não nos demos conta do quão perto passamos de uma fatalidade. Só depois, vendo as fotos, que nos demos conta da gravidade do fato", afirma o motorista Lorenzo Spedicato. A mulher do engenheiro mecânico sofreu ferimentos nas pernas após uma árvore cair durante o temporal deste domingo (10) e atingir o carro do casal na avenida Professor João Fiúsa, na zona Sul de Ribeirão Preto.

Lorenzo afirma que a chuva estava muito forte e que a árvore já estava no ponto cego dele quando começou a cair. Apesar do casal estar bem, ambos ainda estão assustados com o ocorrido. "Ela tá bem, tá sendo medicada com antibiótico, analgésico, com bastante dificuldade de locomoção. Mas não tem nenhum comprometimento mais grave, vamos dizer assim", diz o engenheiro mecânico. 

O carro, um Volkswagen Passat, ficou bastante destruído com impacto dos galhos. O Corpo de Bombeiros esteve no local para fazer o corte da árvore e liberar a avenida. 

À EPTV, o engenheiro agrônomo Rodrigo Borsari relatou que a árvore que caiu já dava sinais de que estava doente, com cupins atacando o tronco. "Aqui já demonstrou que começou tudo pelo cupim e depois suscetivelmente vieram um monte de outras doenças que levaram à queda", diz. 

Bem ao lado, outra árvore na avenida apresenta o mesmo problema e, segundo Rodrigo, ela também pode cair. "Elas são da mesma espécie, que apresentam uma alta apresentação de ataque de cupins, que já estão subindo pelo tronco. Muito provavelmente toda essa região do tronco, que é a base de sustentação da planta, tá toda oca. Então essa árvore aqui é aquela ontem [domingo]".  

Outro lado

A Secretaria do Meio Ambiente informou à EPTV que faz análise das árvores da cidade para definir a necessidade de poda e manutenção e reconhece que árvores plantadas sem análise do solo podem causar problemas. Por isso, a secretaria orienta a população a só plantar novas mudas com orientação técnica. (Com EPTV)

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook