Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Jovem que teve o couro cabeludo arrancado recebe alta neste sábado (12)

Débora permanecerá em Ribeirão Preto para troca de curativos e fase estética do tratamento; jovem sonha em ser neurologista

| ACidadeON/Ribeirao

Débora receberá alta do Hospital Especializado neste sábado (12) (Foto: Reprodução / EPTV)


Dois meses após perder o couro cabeludo em um acidente de kart, Débora Stefanny Dantas de Oliveira, de 19 anos, receberá alta do Hospital Especializado neste sábado (12). 

Em uma coletiva de imprensa no início da noite desta quinta-feira (10), a jovem comentou que pensava que o processo seria mais demorado. "Dois meses, pela gravidade do que aconteceu, me senti muito feliz que sábado já vou sair. Essa primeira alta é importante para dar um pouco de liberdade". A jovem permanecerá em Ribeirão, pois seus curativos precisam ter trocados duas vezes por semana. 

Durante a coletiva, a jovem de 19 anos também falou sobre seu grande sonho: ser neurocirurgiã. Há três anos estudando para vestibulares como o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), a jovem afirma que até mesmo no hospital seus livros lhe fizeram companhia. "Meu conhecimento para mim sempre foi prioridade e esse é meu objetivo, quero salvar vidas. Isso me deu uma chance de saber como é estar no lugar do paciente. Não foi internação, foi estágio".

Já sobre seus ferimentos e sua "carequinha", o sentimento é de orgulho. Para ela, ficar careca para o resto da vida é um desafio, mas ela espera ser um exemplo para outras mulheres que também perderam o cabelo, mesmo que momentaneamente.

"Eu não vou ter vergonha da minha careca, nem das minhas cicatrizes porque eu sinto que na minha vida, observando as mulheres, muitas vezes se escondem por medo de se sentir feia ou desaprovada por outras mulheres e homens. Não quero sentir isso, eu estou feliz por estar viva".

De acordo com a equipe médica, na fase inicial o mais importante era preservar a vida e a função do crânio. Agora, a partir de janeiro, serão realizados procedimentos complementares como a redução de cicatrizes.

"A equipe médica se preocupa em resolver todos os problemas. Sempre aparecem fatos que a equipe tem que estar preparada e é para isso que estamos aqui. Temos todas as ferramentas nesse hospital especializado e isso aconteceu. Houve dias de tristreza, dia de dor, mas o importante é que o dia chegou", afirma o cirurgião plástico Daniel Álvaro Alvarez Lazo.

LEIA MAIS
Jovem que teve o couro cabeludo arrancado passa por nova cirurgia
Jovem que teve o couro cabeludo arrancado "está sempre sorrindo", diz namorado
Jovem que teve o couro cabeludo arrancado acalmou namorado após acidente
Hospital divulga fotos de cirurgia da jovem que teve o couro cabeludo arrancado
Jovem que teve couro cabeludo arrancado passará por reconstrução das pálpebras

Você pode ajudar o jornalismo sério

A missão do ACidade ON é fazer um jornalismo de qualidade e credibilidade. Levar informação confiável e relevante, ajudar a esclarecer e entender os fatos, sempre na busca de transformação. E o seu apoio é fundamental. Ajude-nos nessa missão para construir uma sociedade mais crítica e bem informada.

Apoie o bom jornalismo.

Já é assinante? Faça seu login.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON