Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Radares inteligentes estão sem funcionar na região

Previsão era de que 20 novos equipamentos entrassem em operação em 2019, mas DER aguarda ligação de energia em cinco rodovias, incluindo a Anhanguera; veja os pontos

| ACidadeON/Ribeirao

Rodovia Anhanguera terá o radar inteligente (Foto de arquivo: Weber Sian / ACidade ON)
 

A região de Ribeirão Preto terá 20 radares inteligentes, com tecnologia OCR (para leitura de placas), em cinco rodovias, incluindo a Anhanguera (SP-330).  

No entanto, a data do início de operação dos novos equipamentos ainda não foi definida pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem), pois depende da ligação da energia elétrica em cada um dos pontos. (veja na arte)

O órgão informou que trabalha com o "menor prazo possível" para a conclusão da instalação dos novos equipamentos, cuja implantação teve início na segunda quinzena de agosto do ano passado.  

IPVA e multas  

Os novos radares são integrados à Central de Inteligência do DER, conectados aos bancos de dados das polícias Civil e Militar, Justiça, Detran e do próprio DER.  

Os radares inteligentes revelam, além do excesso de velocidade em alguns pontos, a situação legal do veículo como IPVA, licenciamento e multas.  

Uma central enviará mensagens automáticas aos tablets da Polícia Militar Rodoviária (PMR).  

Em todo o Estado de São Paulo serão 220 novos radares inteligentes que se juntarão aos 549 equipamentos já em operação, totalizando 769 unidades.  

O mapeamento dos pontos de instalação foi definido em conjunto entre as equipes do DER, Comando do Policiamento Rodoviário e a Polícia Militar de Estado de São Paulo.  

Segundo a Secretaria de Logística e Transportes, o custo total de implantação do projeto é de R$ 12,6 milhões, e inclui também a compra de 2,6 mil tablets e impressoras para o trabalho dos agentes rodoviários.  


Mais do ACidade ON