Aguarde...

cotidiano

Morre idosa com AVC que esperou por vaga em hospital

Paciente tinha 87 anos de idade e permaneceu por 10 dias na UBDS do Quintino Facci II, zona Norte de Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao

Paciente ficou por 10 dias na UBDS do Quintino II até falecer neste sábado (25) (Foto de arquivo: F.L.Piton / A CIDADE)

A idosa vítima de AVC (Acidente Vascular Cerebral), que aguardou por uma vaga de internação em um hospital público de Ribeirão Preto, não resistiu e morreu na UBDS (Unidade Básica Distrital de Saúde) do Quintino Facci II, zona Norte da cidade. 

Anna Gonçalves de Castro tinha 87 anos de idade e estava desde o dia 15 de julho na unidade. Ela morreu no último sábado (25) e o corpo foi sepultado neste domingo (26), na cidade mineira de Muzambinho, distante 184 quilômetros de Ribeirão.  

LEIA MAIS NOTÍCIAS DE RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO

O filho Jorge Luiz Gonçalves, 53, afirmou que chegou a temer pela contaminação do novo coronavírus na UBDS, já que a mãe estava em uma sala com outros pacientes.

No entanto, o filho relatou que a própria equipe médica o havia alertado de que, pela gravidade do quadro de saúde da paciente, sua mãe poderia não resistir a uma transferência. 

"No começo, gostaria de ter conseguido a vaga. Por fim, foi uma decisão minha e do meu irmão continuar com ela na UBDS, por orientação médica. Em outro local, possivelmente, eu não poderia ficar como acompanhante", disse. 

A Secretaria Municipal da Saúde chegou a informar, por meio de nota de imprensa ao ACidade ON, que a paciente havia sido regulada no dia 17 de julho, mas que ainda aguarda vaga de leito.  

VEJA TAMBÉM 

Idosa com AVC aguarda por vaga em hospital há uma semana 

Mulher com aneurisma aguarda leito de UTI há 6 dias 

Paciente com aneurisma consegue vaga de UTI em Ribeirão

Mais do ACidade ON