Aguarde...

cotidiano

Demanda pelo transporte coletivo cresceu até 12% em Ribeirão

No último sábado (8), começou a vigorar o relaxamento das regras da quarentena em Ribeirão Preto e houve reflexo nos ônibus da cidade

| ACidadeON/Ribeirao

Plano de Adequação do Transporte contra covid-19 segue até o dia 30 de agosto (Foto: Weber Sian / ACidade ON)
 
Nos primeiros dias de Ribeirão Preto na fase amarela do Plano São Paulo, que regulamenta a retomada das atividades durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19), a demanda pelo transporte coletivo cresceu em até 12%.   

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE RIBEIRÃO PRETO
 
De acordo com a Transerp, no sábado, dia 8 de agosto, véspera do Dia dos Pais, foram transportados 37.395 passageiros, um aumento de 12% em relação ao sábado anterior, quando Ribeirão Preto ainda estava na fase mais restritiva da quarentena.  

Já na segunda-feira, dia 10, a demanda cresceu 9% em relação ao mesmo dia da semana passada. Ao todo, 75.345 pessoas utilizaram os ônibus do transporte público da cidade no primeiro dia útil da cidade na fase amarela.  

Vale salientar, que Ribeirão Preto continua na quarentena, por isso, os serviços, embora tenham autorização para funcionar, precisam seguir as regras para evitar o contágio pelo coronavírus entre funcionários e clientes.  

Inclusive, o Plano de Adequação da Rede de Transporte Coletivo, criado para evitar a disseminação do coronavírus em passageiros e motoristas, foi prorrogado até o dia 30 de agosto. Entre as medidas propostas pelo plano, está a diminuição na quantidade de linhas em circulação aos domingos e limite de 50% na capacidade de pessoas transportadas por viagem.   
 
Reforço nas linhas


Segundo a Transerp, em razão do aumento no número de passageiros transportados, foi ampliada a frota de ônibus em 25 linhas no dia 8 e 35 linhas no dia 10, correspondente a 21% e 30% do total de linhas em operação.  

A empresa que gerencia o trânsito de Ribeirão Preto comunicou, por meio de nota, que está monitorando a operação de todas as linhas da rede de transporte coletivo. Por isso, afirma que quando necessário, tem promovido ajustes da oferta de transporte em função da evolução da demanda observada.  

Leia mais:
Fotos: Calçadão de Ribeirão Preto tem movimento nesta terça  

Mesmo na fase amarela, isolamento não diminui em Ribeirão  

Ribeirão registra mais 10 mortes e ultrapassa 450 óbitos por covid


Mais do ACidade ON