Aguarde...

cotidiano

Fase amarela libera funcionamento de bares e academias

Depois de muita polêmia, Ribeirão Preto volta a avançar no Plano São Paulo; confira como fica cada setor

| ACidadeON/Ribeirao

Bares poderão permitir consumo no local (Foto: Reprodução / Pixabay).

Com o avanço de Ribeirão Preto à fase amarela do Plano São Paulo, bares e restaurantes poderão funcionar com o consumo no local. A nova classificação contempla também o funcionamento de salões de beleza e academias, mas dentro de regras como a ocupação máxima de cada local.  

A prefeitura, porém, não havia acatado a decisão do governo paulista, que na última sexta-feira (4) reclassificou a cidade na fase laranja, e decidiu, desde então, manter as regras da fase amarela.  

LEIA TAMBÉM - Ribeirão Preto avança à fase amarela do Plano SP

Na fase amarela, os bares e restaurante, por exemplo, devem ter ocupação máxima de 40% da capacidade e consumo somente ao ar livre ou em áreas arejadas. O funcionamento é de 8 horas diárias, com consumo no local até as 17h. Caso Ribeirão permaneça por 14 dias seguidos na fase amarela, o consumo no estabelecimento fica liberado para ser estendido até as 22h.

No caso de salões de beleza a barbearias, a ocupação máxima também é de 40% e horário de funcionamento por 8 horas diárias. 

Para academias, a ocupação máxima é limitada a 30% da capacidade do local, durante 8 horas diárias de funcionamento.  

O governo determina agendamento prévio com hora marcada e apenas aulas e práticas individuais, com atividades em grupo suspensas na academias.

O Plano São Paulo também prevê a adoção de protocolos padrões e específicos como distanciamento social e higiene. 

VEJA MAIS 

Ribeirão avança à fase amarela mesmo com taxa de mortes elevada

Mais do ACidade ON