Aguarde...

cotidiano

Cervejaria fica sem água e é forçada a interromper produção

O bar da marca também precisou ser fechado por conta das torneiras secas no Jardim Sumaré

| ACidadeON/Ribeirao

A falta d'água em Ribeirão Preto fez mais uma vítima nesta sexta-feira (25) e, desta vez, pode causar prejuízos altos. Isso porque a linha de produção de uma cervejaria localizada na zona Sul foi interrompida por falta de matéria prima.  

A estimativa de Rafael Moschetta, proprietário do estabelecimento, é que a perda no faturamento seja de R$ 15 mil até domingo (27).  

Com as torneiras secas, as portas do bar que atende presencialmente os apreciadores da marca também precisaram ser fechadas.  

"Hoje, por exemplo. Estou com a minha câmara fria de barril vazia e os tanques cheios. Então vou precisar fechar nesse final de semana. O problema que estamos enfrentando hoje é decorrência do não fornecimento de água lá atrás", afirmou em entrevista à EPTV.  

O problema corriqueiro na cidade afeta o negócio de Moschetta há cinco anos e é o principal alvo de reclamações dos moradores do Jardim Sumaré. No início do mês, vizinhos da cervejaria denunciaram a falta d'água por quatro dias seguidos.  

Outro lado  

À EPTV, o Daerp (Departamento de Água e Esgoto de Ribeirão Preto) disse que não realizou nenhum tipo de racionamento nesta data e que nas duas últimas semanas ocorreram problemas intermitentes no abastecimento de água, "mas vai enviar equipes ao local para verificar se há algum problema pontual nos endereços".

Mais do ACidade ON