Aguarde...

cotidiano

Veja canais para reclamar da falta d'água em Ribeirão Preto

Além do Daerp, problemas sem solução na rede de abastecimento também podem ser registrados em outros dois órgãos municipais

| ACidadeON/Ribeirao

(foto: Weber Sian / A Cidade)
  
O portal ACidade ON tem recebido, ao longo dos últimos dias, diversas reclamações de moradores que estão sofrendo com a falta d'água em Ribeirão Preto.

As denúncias, enviadas ao WhatsApp da redação (16 99117-7802), geralmente retratam como o problema na rede de abastecimento tem afetado a vida da população em meio à onda de calor e à pandemia do novo coronavírus.

Na maioria dos casos, como é o exemplo de uma técnica em enfermagem, as queixas até chegam a ser protocoladas pelo Daerp, que atende pelo número 115

No entanto, grande parte dos moradores afirma que o problema das "torneiras secas" continua sem solução mesmo após a abertura de protocolos.
 

Cobrança

Além do Daerp, as queixas de situações graves, que ainda seguem sem solução, também podem ser comunicadas a outros dois órgãos oficiais do município. São eles: a Promotoria da Justiça (telefone 16 3456-3800) e ao Gaema (telefone 16 3995-1453) que, desde o início de setembro cobra uma solução do Daerp.
 
Em entrevista, a promotora do Gaema, Cláudia Habbib, afirmou que o Daerp é obrigado, por decisão de  uma ação de 2014, a solucionar o problema em até 48h a partir do protocolo da reclamação.

Caso não haja solução, segundo a promotora, o município pode ser penalizado em até meio milhão de reais por dia de descumprimento.
 

Caminhão-pipa

O usuário pode optar pelo serviço também pelo 115 do Daerp. É cobrada apenas a quantidade de água solicitada e o valor é descontado na conta do mês subsequente. A tabela com tarifas para residência, empresas e afins pode ser conferida clicando aqui.  

 
Canais para reclamar da falta d´água em Ribeirão

Daerp: telefone 115. Atendimento todos os dias, das 7h às 21h;

Gaema (Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente), do Ministério Público do Estado de São Paulo: (16) 3995-1453. Atendimento das 13h às 17h;

Promotoria da Justiça: (16) 3456-3800Atendimento das 13h às 17h. 
 

LEIA MAIS 
Falta d'água em 4 bairros: reparo deve ser concluído terça


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON