Aguarde...

cotidiano

Testes da vacina contra covid-19 serão concluídos na sexta

Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto é um dos centros de pesquisa que estão avaliando a eficácia da vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan e pela Sinovac

| ACidadeON/Ribeirao

São Paulo pretende começar campanha de vacinação em dezembro (Foto: Governo de São Paulo/Divulgação)
 
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que até sexta-feira (16) a secretaria estadual da Saúde e o Instituto Butantan já vão ter em mãos os resultados conclusivos da terceira fase de testes da Coronavac, a vacina contra o novo coronavírus (covid-19), que é analisada em Ribeirão Preto.  

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE O CORONAVÍRUS
 
O imunizante é desenvolvido pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, no Brasil. O Estado de São Paulo já firmou um acordo de US$ 90 milhões para aquisição de 46 milhões de doses da vacina. A expectativa é que a campanha de vacinação tenha início em dezembro.  

Os resultados vão ser divulgados na segunda-feira (19), pelo diretor do Butantan, Dimas Covas. "Até aqui, todos eles positivos. Nenhuma colateralidade em relação aos 13 mil voluntários, médicos e enfermeiros que foram vacinas em sete estados brasileiros", disse o governador.  

Testes na região
 
A vacina contra o coronavírus desenvolvida pelo laboratório Sinovac e o Instituto Butantan é testada em 16 centros de pesquisa espalhados pelo País, sendo dois na região: Ribeirão Preto e Barretos. Em Ribeirão Preto, os testes acontecem no Hospital das Clínicas.  

Além da Coronavac, o laboratório Janssen/Johnson&Johnson também anunciou que iria analisar a vacina aplicada em voluntários de Ribeirão Preto. Porém, os testes desta vacina estão suspensos, porque um dos voluntários, em local não divulgado, ficou doente após ter sido imunizado.  

O laboratório avalia se houve relação com a vacina aplicada.  

Leia mais:
Vacina testada em Ribeirão começa ser aplicada em dezembro

Mais do ACidade ON