Aguarde...

cotidiano

Temporal derruba árvores e arranca portões em Ribeirão Preto

Pancada de chuva atingiu a cidade e região na tarde deste domingo (18); não há registro de feridos

| ACidadeON/Ribeirao

Morador observa portão de casa derrubado durante temporal no Jardim Cristo Redentor (Foto: Rede social)
 

Atualizada às 18h13 

O vento forte durante uma pancada de chuva na tarde deste domingo (18), em Ribeirão Preto, provocou a queda de ao menos dez árvores e arrancou três portões da frente de residências na cidade.  

LEIA MAIS - Ribeirão registra chuva na tarde deste domingo (18)

Segundo o Corpo de Bombeiros, as quedas de árvores foram registradas em bairros como o Alto do Ipiranga e Planalto Verde, ambos na região Oeste. Não houve feridos.    

Uma delas caiu no cruzamento das ruas Bonfim e Mato Grosso. A fiação elétrica foi danificada.


 

No Jardim Cristo Redentor, zona Norte, pelo menos três portões foram arrancados da frente de casas na rua Zilda Faria, de acordo com moradores. Apesar dos estragos, não houve relatos de feridos.    

Mais um portão arrancado pela força do vento (Foto: Rede social)

Região

Um vídeo mostra parte da cobertura de um posto de combustíveis se desprendendo durante o temporal às margens da rodovia Anhanguera (SP-330), em Jardinópolis. (assista ao vídeo abaixo)

"Eu nunca tinha visto um negócio desse. As placas estão voando longe", relatou uma pessoa de dentro de um carro.   

Outro lado 

O Daerp informou que 21 sistemas da rede de água foram desligados na tarde deste domingo, por causa da falta de energia e problemas elétricos, devido à chuva no início da tarde.  

Entre os sistemas paralisados, 19 foram religados. Porém, o poço do bairro Arlindo Laguna e a estação elevatória Kaiser ainda estão fora de operação.

O poço Arlindo Laguna abastece os bairros Parque das Oliveiras, Dom Mielle, Parque das Andorinhas, Planalto Verde, Parque das Figueiras e Jovino Campos. Já a estação elevatória Kaiser abastece o bairro Campos Elíseos, parte da região central e parte da Vila Tibério. 

Entre os poços religados, o Daerp informou que alguns ficaram até de duas horas sem funcionamento, o que poderá prejudicar o abastecimento.  

"Nas regiões destes sistemas podem ocorrer intermitências no fornecimento de água até a normalização total do abastecimento", disse a autarquia, por meio de nota.

A CPFL Paulista ainda não havia retornado até o final desta tarde sobre os problemas causados pelo temporal na rede elétrica.


Mais do ACidade ON