Aguarde...

cotidiano

Arrastão da dengue recolhe mais de 5 toneladas de materiais

Ação aconteceu neste sábado (9) em aproximadamente 3,5 mil imóveis da zona Oeste de Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao

Mobilização aconteceu no último sábado (9), na zona Oeste (Foto: Divulgação / CCS)
 

Um arrastão realizado pelo Departamento de Vigilância em Saúde de Ribeirão Preto recolheu pelo menos cinco toneladas de materiais com risco para criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya, zika e febre amarela urbana. A ação aconteceu no último sábado (9), no Jardim Paiva e Paulo Gomes Romeo, bairros da zona Oeste da cidade.
 
LEIA MAIS: Na temporada de chuva, Saúde reforça cuidados contra dengue

Foram recolhidos materiais inservíveis como resíduos de construção, galões e garrafas, além de 233 pneus.    

Ao todo, foram vistoriados 3.469 imóveis. Em 55, a vigilância encontrou larvas do inseto.  
 
A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Luzia Marcia Romanholi, alertou sobre a temporada de chuva, período que propicia a reprodução do mosquito. 

"É preciso a conscientização absoluta da população, para que façam vistorias de focos de água parada em suas residências semanalmente e eliminem possíveis criadouros do mosquito. Desta maneira, conseguiremos reduzir a propagação da dengue", disse.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON