Aguarde...

cotidiano

Ribeirão: 32 mil profissionais da saúde devem ser vacinados

Plataforma detalha quantidade de vacinas que cada unidade de saúde e asilo em Ribeirão Preto precisam na primeira fase

| ACidadeON/Ribeirao

.UPA da Treze de Maio precisa de 300 doses da CoronaVac para primeira imunização (Foto: Weber Sian/Arquivo ACidade ON)
Em Ribeirão Preto, mais de 32 mil profissionais da saúde vão ser vacinados na primeira fase da campanha de vacinação contra o coronavírus. A campanha nos hospitais - com exceção do HC - e unidades de saúde da cidade começou nesta quinta-feira (21). Cada funcionário será vacinado duas vezes, portanto serão necessárias 64 mil doses do imunizante.  

LEIA MAIS - São Paulo já vacinou 50 mil pessoas contra coronavírus
 
De acordo com o a plataforma Vacina Ribeirão, desenvolvida pela prefeitura, são 16,9 mil pessoas que precisam ser vacinadas nas unidades básicas de saúde, 900 nas três UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e outras 300 pessoas na UBDS (Unidade Básica Distrital de Saúde) Central.  

Os outros 13 mil profissionais da saúde que serão vacinados estão espalhados por 17 hospitais públicos (incluindo o Hospital das Clínicas), filantrópicos e privados da cidade. Além disso, 2,4 mil pessoas que vivem em asilos e instituições de longa permanência devem ser vacinadas nesta fase.  

Até o momento, Ribeirão Preto já recebeu cerca de 18,8 mil doses da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria o laboratório chinês Sinovac. Por isso, a secretaria da Saúde ainda não tem perspectiva para início da vacinação de outros grupos, como idosos com mais de 75 anos.  

LEIA MAIS - Covid: Ribeirão continua sem perspectiva para vacinar idosos



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON