Publicidade

cotidiano

Faculdade suspende aulas de medicina após festa clandestina

Estudantes do curso foram flagrados aglomerados e sem máscaras no último final de semana

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Assista ao vídeo abaixo (Foto: reprodução)
 

A reitoria da universidade Barão de Mauá, localizada em Ribeirão Preto, suspendeu as aulas presenciais de Medicina, no início desta semana, depois de circular nas redes sociais um vídeo de aglomeração entre os alunos do curso. 

Os estudantes tinham voltado para as salas de aula no dia 1º de fevereiro, já que o curso é da área da Saúde e o funcionamento está permitido pelo Governo do Estado.  

Na gravação, porém, é possível ver jovens em uma festa aparentemente particular, dada no último final de semana, sem máscaras e desrespeitando as normas de distanciamento social.  

O Grupo EPTV apurou que a faculdade recebeu uma denúncia anônima e, logo depois, conseguiu identificar alguns alunos. Por esse motivo, decidiu suspender as atividades presenciais até o dia 21 deste mês.  

Por meio de nota, a Barão de Mauá informou, ainda, que abriu uma sindicância interna para investigar todos os fatos.  




Mais notícias


Publicidade