Aguarde...

cotidiano

MP vai investigar apagão registrado na Santa Casa de Ribeirão

Apuração foi iniciada depois que a família de um jovem de apenas 25 anos relacionou o horário da morte dele com a pane elétrica no hospital

| ACidadeON/Ribeirao


 

O Ministério Público confirmou, na tarde desta terça-feira (6), que vai pedir a instauração de um inquérito para investigar o apagão registrado no último domingo (4), na Santa Casa de Ribeirão Preto. 

A apuração, motivada pela família de André Luis Meloni, que teria sofrido uma parada cardíaca e morrido na mesma madrugada, quer entender o que aconteceu no hospital, quais foram as complicações acarretadas aos pacientes e se isso poderia ser evitado. 

"Nós estamos requisitando a instauração do inquérito para que fique evidenciado um parecer do estado de saúde das pessoas e o risco para quem estava internado", explicou o promotor de Justiça Paulo José Freire Teotônio, que está à frente do caso. 

LEIA MAIS
Santa Casa de Ribeirão Preto fica sem energia por 4 horas
CPFL descarta falha externa após pane elétrica em hospital 

Marco André Meloni, pai de André, não tem dúvidas dos danos causados pela pane elétrica. 

De acordo com ele, o filho de apenas 25 anos foi internado em 18 de março, depois de apresentar sintomas mais graves da covid-19, e precisou ser intubado cinco dias depois. No último sábado (3), porém, a família recebeu boas notícias. 

"Minha esposa perguntou como estava a situação e o médico disse que a recuperação era possível. No domingo seguinte, fomos recebidos por uma psicóloga e o mesmo médico e ouvimos que ele não tinha suportado a parada cardíaca", lamentou, ainda em luto. 

O óbito teria acontecido no mesmo intervalo de tempo que a Santa Casa de Ribeirão Preto ficou sem energia elétrica. 

"Queremos saber a verdade, somente a verdade, porque meu filho estava lutando muito e eu tinha certeza, principalmente depois de conversar com a equipe médica, que ele ia sair dessa. O pior já tinha passado", finalizou Marco André. 

Outro lado 

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do hospital confirmou o apagão, mas disse que nenhuma morte teve relação com a pane elétrica.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON