Aguarde...

cotidiano

Ribeirão registra morte de jovem de 26 anos sem comorbidades

Segundo Associação de Medicina Intensiva Brasileira, houve aumento no número de jovens e pessoas sem comorbidade em estado grave nas UTIs

| ACidadeON/Ribeirao

Levantamento aponta que cresceu o número de internações de jovens que não sofrem de outras doenças (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
 
O boletim epidemiológico da secretaria da Saúde de Ribeirão Preto registrou a morte de duas pessoas por novo coronavírus (covid-19), que não sofriam de comorbidades (outras doenças). Entre as vítimas, está um jovem de 26 anos de idade. 

LEIA MAIS - Ribeirão Preto confirma mais 16 mortes por coronavírus
 
O paciente morreu no último dia 8 de abril. Segundo a secretaria da Saúde, o rapaz estava internado em um hospital da rede pública. O nome dele não foi divulgado.  

Outra vítima do coronavírus, que também não sofria de comorbidades, também era homem e tinha 48 anos de vida. O paciente também realizava tratamento na rede pública.  

Desde o início da pandemia, 1.668 pessoas perderam a vida em Ribeirão Preto. Em 2021, já são 625 óbitos por covid-19.  

Jovens e sem comorbidades em estado grave  

Segundo a Amib (Associação de Medicina Intensiva Brasileira), tem aumentado o número de pessoas sem comorbidades e jovens internadas em estado grave, em razão da covid-19.  


Em março, último mês com dados consolidados, 30% dos pacientes em estado grave nas UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) no País são de pessoas que não sofrem de outras doenças, que não seja a covid-19.  


Além disso, o levantamento também aponta que, pela primeira vez desde o início da pandemia, os jovens são maioria nas internações em UTIs - clique aqui e leia mais.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON