Aguarde...

cotidiano

Odontologia da USP é considerada a melhor graduação do mundo

O curso, que marcar presença na USP de Ribeirão Preto, ocupou a primeira posição entre mais de 700 instituições

| ACidadeON/Ribeirao


Faculdade de Odontologia da USP de Ribeirão Preto (Imagem: USP / Divulgação)

O curso de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP) foi considerado o melhor do planeta pelo SCImago Institutions Rankings (SIR), ranking espanhol anual elaborado pelo laboratório de pesquisa SCImago Lab, ligado ao Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC).

Estão presentes no ranking aproximadamente 700 instituições de todo o mundo. Na USP de Ribeirão Preto, a Faculdade de Odontologia é um dos destaques do campus.

O ranking da SCImago realizou a classificação em 19 diferentes áreas do conhecimento. A USP teve quatro cursos classificados entre os dez melhores do mundo: Agricultura e Ciências Biológicas - Odontologia - Farmacologia, Toxicologia e Ciências Farmacêuticas - Medicina Veterinária.


USP é a melhor universidade da latino-américa

A USP subiu 14 posições na classificação internacional SCImago, passando da 61ª para a 47ª posição, sendo a universidade latino-americana mais bem classificada.

Este ranking, divulgado no dia 14 de abril, avalia instituições de ensino superior e de pesquisa classificando-as por um indicador composto que combina três conjuntos diferentes de métricas com base no desempenho em pesquisa, resultados de inovação e impacto social medido por sua visibilidade na web.

Um diferencial desta classificação é que ela avalia não apenas universidades, mas também outras entidades que realizam pesquisa, como empresas, órgãos governamentais e instituições não governamentais. Nesta edição, foram avaliadas mais de 7.500 instituições do mundo todo.

No ranking latino-americano, a segunda colocação foi ocupada pelo Conselho Nacional de Investigações Científicas e Técnicas, da Argentina, seguida pela Universidade Nacional Autônoma do México, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) e pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Para ver mais informações clique aqui.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON