Aguarde...

cotidiano

Hospital na região fecha os únicos leitos de UTI Covid-19

Direção do hospital afirma que não tem condições financeiras de manter os leitos após término de convênio com o estado

| ACidadeON/Ribeirao

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
 
A Santa Casa de Igarapava, município a 130 quilômetros de Ribeirão Preto, precisou fechar os únicos 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes com o novo coronavírus (covid-19). O motivo é o término de um convênio com o governo estadual, que financiava as vagas. 

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE A PANDEMIA DA COVID-19
 
De acordo com a direção do hospital, os pacientes com sintomas graves da covid-19 foram transferidos para Ituverava e Ipuã e há mais de uma semana não recebe pacientes com gravidade.  

"A partir desse momento, o município não tem recursos para poder ficar com os leitos abertos. Estamos aguardando a posição do estado, porque temos interesse nessa renovação. São 10 leitos, 10 pacientes deixados de ser assistidos, não só de Igarapava, mas de toda região", disse a administradora da Santa Casa, Leandra Vilarinho.  

Segundo a administração do hospital, ainda estão abertos 17 leitos de enfermaria, para casos mais leves de covid-19. No local, estão internados cinco pacientes. O diretor técnico da Santa Casa, Lucas Silva, afirma que já solicitou vaga para dois desses pacientes em outros hospitais, caso os sintomas da doença se intensifiquem.  

Por meio de nota, a secretaria estadual da Saúde disse que o ministério da Saúde é o responsável pela habilitação de leitos de UTI. Contudo, informou que diante da defasagem, já repassou R$ 3 milhões para manutenção dos leitos. Já o ministério da Saúde afirmou que a responsabilidade pela manutenção dos leitos é do estado (com EPTV).



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON