Aguarde...

cotidiano

Obra de túnel em Ribeirão está parada por tempo indeterminado

De acordo com Prefeitura, o pedido de reequilíbrio financeiro feito pela construtora ainda está sendo analisado ; Empresa já foi notificada para retomar os trabalhos

| ACidadeON/Ribeirao

 

Obra na avenida Nove de Julho, em Ribeirão Preto (Foto: Weber Sian/ACidade ON)

A construção do primeiro túnel de Ribeirão Preto, que vai ligar as avenidas Independência e Presidente Vargas, por baixo da avenida Nove de Julho, está paralisada por tempo indeterminado. 

A construtora Contersolo, com sede no Paraná, que é responsável pela obra, interrompeu os trabalhos após o desligamento de cerca de 60 funcionários no mês de abril.  

A empresa é a mesma que está construindo o viaduto da avenida Brasil, zona norte de Ribeirão Preto, obra que também está parada. 
 

O que diz a prefeitura

De acordo com a Prefeitura, a construtora solicitou um  reequilibro financeiro nos valores da obra - uma revisão do contrato - em consequência da alta no preço do aço no mercado nacional.   

O departamento jurídico da administração municipal ainda está analisando a proposta e não há nenhuma definição.  A obra está licitada em R$ 19.882.700,02.

Apesar do impasse, a Prefeitura garante que já notificou a construtora para retomar os trabalhos, visando o interesse público.  
 

 
Obra 

O túnel integra o programa Ribeirão Mobilidade e terá 180 metros de extensão, oito metros de largura e duas faixas para quem vem da avenida Independência, passando por baixo da Praça Salvador Spadoni, terminando na avenida Presidente Vargas, entre a João Penteado e a Eliseu Guilherme. A previsão é de que o dispositivo seja entregue em 2022.



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON