Aguarde...

cotidiano

Greve dos motoristas deve seguir mesmo após retomada dos ônibus

Transporte coletivo deve voltar a circular em Ribeirão Preto na segunda-feira após duas semanas de greve e quarentena

| ACidadeON/Ribeirao

Ponto de ônibus vazio no Centro de Ribeirão (Foto: ACidade ON)

A greve dos motoristas do transporte coletivo urbano de Ribeirão Preto deve continuar na próxima segunda-feira, 7 de junho, data que o serviço será retomada após a flexibilização da quarentena.

Segundo João Henrique Bueno, presidente do Sindicato dos Motoristas Empregados em Empresas do Transporte Urbano de Ribeirão Preto (Seeturp), o Consórcio PróUrbano não fez nova proposta para colocar em dia os salários da categoria.

"Não está fácil. Desde as primeiras horas de manhã de hoje (4 de junho) estamos em contato com as empresas e até agora, infelizmente não obtivemos uma resposta positiva a nosso favor. Na próxima segunda-feira é o 5° dia útil de junho e não sinalizaram nada até o momento", escreveu João Henrique Bueno nas redes sociais.

Segundo a Seeturp, na segunda-feira, na retomada do transporte coletivo urbano, será de acordo com liminar do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), que estabeleceu que a frota deve circular com 50% dos ônibus no horário de pico (6h e 8h / 17h e 19h) e com 35% no restante do horário.

Na terça-feira, 8 de junho, às 15h30, está marcada uma nova rodada de negociações entre o sindicato que representa os motoristas e as empresas que integram o Consórcio PróUrbano.

O ACidade ON pediu um posicionamento atualizado do PróUrbano e, assim que as empresas se manifestarem, a reportagem será atualizada.
 
 
MAIS: Câmara vota texto final de repasse milionário para o transporte 
 


Greve

Os motoristas de ônibus de Ribeirão Preto cruzaram os braços no dia 24 de maio devido ao atraso do pagamento do vale do dia 20. Na oportunidade, o PróUrbano afirmou não ter dinheiro em caixa e disse que acertaria tudo no quinto dia útil de junho.

O caso foi para a Justiça e o TRT deu liminar, mandando o transporte funcionar com frota reduzida a partir da quarta-feira, 26 de maio.

No entanto, a partir de 27 de maio, a Prefeitura adotou regras rígidas na quarentena e suspendeu o transporte coletivo urbano até 6 de junho. A retomada acontece na segunda (7).

Nesse período, os motoristas também alegaram que o PróUrbano atrasou o pagamento do vale-refeição, que teria vencido no dia 1º de junho.
 


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON