Publicidade

cotidiano

Bailarina temeu por fatalidade após queda de telão em Ribeirão

Estrutura montada no Teatro Municipal de Ribeirão Preto caiu sobre seis pessoas durante ensaio, no último domingo (12)

| ACidadeON/Ribeirao -

 
A médica e bailarina Cristiane Hikiji escapou por pouco do acidente que feriu seis pessoas, entre elas duas crianças, durante um ensaio no Teatro Municipal de Ribeirão Preto, no último domingo (12).  

Os artistas preparavam espetáculo beneficente "Dança No Cinema", quando o telão de LED, sustentado por uma estrutura de alumínio, desabou. Os ingressos para o evento eram brinquedos, que seriam doados para crianças carentes.  

As imagens registradas pelos próprios artistas mostram o momento da queda - veja o vídeo acima. 

"Naquela hora, eu dei dois passos e esses dois passos que me salvaram de a estrutura cair toda sobre mim e quem sabe uma fatalidade. Porque a estrutura era muito pesada", disse Cristiane, em entrevista para EPTV.  

Um dos artistas, Roger Casanova, teve ferimentos nas costas e nos braços. Já as criança sofreram arranhões. Os bailarinos foram socorridos pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), foram atendidos em hospitais da cidade e liberados.

"Os bailarinos foram prontamente atendidos e a nossa preocupação é restabelecer o projeto beneficente", completa Cristiane.  

Os organizadores do evento ainda vão anunciar uma nova data para o espetáculo.  

Outro lado
 
Por meio de nota, a secretaria da Cultura de Ribeirão Preto informou que cedeu o espaço para a companhia responsável pelo evento e que a montagem da apresentação, incluindo o painel de LED, foi feito pelos responsáveis do espetáculo.  

Contudo, disse que os funcionários do teatro acionaram as ambulâncias para atendimento e prestou a assistência necessária. "A pasta esclarece que toda a documentação para a apresentação estava de acordo com as normas estabelecidas", completa.  

Já a empresa DX Produções e Eventos, que instalou a estrutura, disse que a perícia foi acionada, mas ressaltou que foram tomados todos os cuidados no procedimento de montagem da estrutura.  

A empresa ainda informou que acompanhou o atendimento dos bailarinos e que presta todo suporte aos envolvidos. 
 

Artistas foram levados para o hospital, mas já foram liberados (Foto: Reprodução/Redes sociais)



Mais notícias


Publicidade