Publicidade

cotidiano

Queda de avião mata família de empresário com atuação na região

Acidente aconteceu na manhã desta terça-feira (14), em Piracicaba; avião havia acabado de decolar no aeroporto da cidade

| ACidadeON/Ribeirao -

Avião bimotor havia acabado de decolar do aeroporto de Piracicaba (Foto: Reprodução/redes sociais)
 
No avião bimotor que caiu em Piracicaba, na manhã desta terça-feira (14), estava o empresário Celso Silveira Mello Filho, sócio do grupo Cosan, que atua no setor sucroenergético.   

Além dele, estavam no avião a esposa Maria Luiza Meneghel, os três filhos do casal, Celso, Fernando e Camila - todos adultos -, além do piloto da aeronave, Celso Elias Carloni, e o copiloto, Giovani Gulo. Todos perderam a vida.

Celso, de 73 anos, era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello.  

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o piloto tinha acabado de abastecer a aeronave no aeroporto de Piracicaba. As causas do acidente ainda serão investigadas.  

O combustível se espalhou por uma área de mata nativa, que se incendiou. Os Bombeiros já conseguiram controlar o incêndio. 

Na região de Ribeirão Preto, a Cosan conta com usinas em Sertãozinho, Morro Agudo e Guariba, além de um terminal de distribuição em Ribeirão Preto. 
 
Celso Silveira Mello Filho, sócio do grupo Cosan, morto em acidente aéreo (Foto: Reprodução/redes sociais)


Mais notícias


Publicidade