Publicidade

cotidiano

Família de bombeiro acidentado pede doação de sangue e orações

Wallace Lima Valesi, fez uma cirurgia para a amputação de uma das pernas; Ele segue internado em estado grave no CTI da Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Wallace Lima Valesi está internado na Unidade de Emergência do HC (Foto: Reprodução)

O bombeiro Wallace Lima Valesi, ferido em um grave acidente com guindaste na segunda-feira (20), em Jardinópolis, passou por uma cirurgia e precisou amputar a perna esquerda. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros.  

Wallace segue internado em estado grave no Centro de Terapia Intensiva (CTI), do Hospital das Clínicas, no Centro de Ribeirão Preto.

A família emitiu um nota pedindo doação de sangue e orações. Eles também alertam para possíveis fraudes, de pessoas pedindo dinheiro em nome deles. "Não estamos solicitando doações de recursos financeiros nesse momento, precisamos de doação de sangue e oração", escreve.

A família ainda esclarece que a única campanha de arrecadação que existe está sendo feita internamente pelos militares, companheiros de farda de Wallace, que se mobilizam sempre quando uma situação como essa acontece - confira a nota na íntegra abaixo. 

Efetivo do 9º Grupamento dos Bombeiros (GB) de Ribeirão Preto, Wallace é casado e tem um filho de 3 meses. Clique e confira como fazer a doação de sangue. 

Nota de esclarecimento da família 

"Nós, familiares e esposa do bombeiro Wallace Lima Valesi acidentado na última segunda-feira informamos que NÃO ESTAMOS SOLICITANDO DOAÇÕES DE RECURSOS FINANCEIROS NESSE MOMENTO, NÓS PRECISAMOS DE DOAÇÃO DE SANGUE E ORAÇÃO.Essa arrecadação é feita internamente pelos militares que são irmãos e companheiros de farda toda vez que algo do tipo acontece com algum deles e acabou vazando para a população civil, mas repetimos A ÚNICA DOAÇÃO QUE SOLICITAMOS NESTE MOMENTO É A DE SANGUE e a ORAÇÃO de todos vocês nessa luta pela vida do Wallace.Aproveitamos para agradecer tudo o que estão fazendo por nós e que Deus está cuidando de tudo.Atenciosamente. Família Valesi" 

Acidente 

A queda do guindaste ocorreu durante a poda de uma árvore em um residencial localizado às margens da rodovia Anhanguera (SP-330).

Wallace estava acompanhado do cabo Roberto Ciampaglia, que morreu com a queda do guindaste. Os militares estariam de folga quando atuavam no condomínio.

O acidente está sob investigação da Polícia Civil de Jardinópolis. 

Bombeiros sofrem acidente com guindaste, em Jardinópolis

VEJA TAMBÉM - Bombeiros prestam homenagem a cabo morto em acidente

Mais notícias


Publicidade