Publicidade

cotidiano

Moradores denunciam maus-tratos em casa com dezenas de cães

Segundo a enfermeira Gabriela Bassi, o local tem cerca de 80 animais que vivem em situação crítica; População organiza protesto em Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao -

 

A população do Jardim Macedo, zona Leste de Ribeirão Preto, está organizando um protesto para esta quarta-feira (20), às 18h30, em uma praça do bairro. O motivo é pedir providências contra uma moradora que mantém cerca de 80 cães em sua casa - veja o vídeo acima.

Segundo a enfermeira Gabriela Bassi [responsável pela gravação] foram registrados inúmeros boletins de ocorrências de maus-tratos. Da janela do seu quarto, ela consegue ver o quintal."Ela [moradora da casa] possui mais de 80 cachorros, deixando-os sem água e nem comida ao relento, embaixo de sol, chuva, dia e noite", disse.   

VEJA TAMBÉM - Grupo publica carta 'Grito Pelos Animais' em Ribeirão Preto

Segundo Gabriela, os animais se alimentam das próprias fezes e brigam entre si. Os latidos também são frequentes. "Aqui mostra estes pobres animais comendo suas próprias fezes e bebendo água de esgoto do ralo do quintal (que está entupido)", complementa.     

Além da questão de maus-tratos, ela reforça que é um caso de saúde pública, pois desde que a moradora se mudou para casa, há cerca de um mês, o cheiro que se propaga para a vizinhança é insuportável e até surgiram moscas em seu apartamento. "Situação difícil, causa repulsa, nojo", disse.  

Problema recorrente  

Gabriela conta que os moradores tentaram conversar com a mulher, mas não conseguiram pôr fim ao problema.  Ela seria a mesma pessoa que foi denunciada neste ano, por manter mais de 200 cães em uma casa no Jardim Califórnia. Os filhotes foram resgatados e levados para uma clínica veterinária.  

Ainda de acordo com Gabriela, os moradores procuraram o Ministério Público e orgãos da Prefeitura de Ribeirão Preto, como Zoonoses, Vigilância Sanitária e Meio Ambiente. O caso também é investigado pelo 8º DP (Departamento de Polícia de Ribeirão).  

"Vamos levar cartazes, apitos e pedir um parecer dos orgãos públicos para solucionar esse problema. Nós estamos inconformados com o que está acontecendo. Ver tudo isso da janela do meu quarto, ver tudo o que esses bichinhos estão passando, tendo que comer fezes é uma situação horrorosa", conclui.  

Outro lado   

Em nota, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente informa que o morador já foi multado por barulho e mau cheiro e a Divisão de Bem Estar Animal realizou a castração de 18 animais e encaminhamento de todos os filhotes para adoção.  

Também disse que a pasta e as secretarias da Saúde e Assistência Social estão acompanhando a situação dos animais e dos moradores da residência 

Ressalta ainda que mesmo encontrando resistência da proprietária, fiscais ligados a Secretaria Municipal do Meio Ambiente realizaram nova vistoria no dia 13 de outubro, fazendo a castração de mais uma fêmea. Agora o caso está com representação no Ministério Público para tomar as medidas cabíveis. 

O ACidade On também procurou o Ministério Público do Estado de São Paulo, mas até o fechamento desta reportagem não tivemos retorno. 

Já a moradora da casa não foi encontrada para comentar sobre as denúncias. A reportagem será atualizada caso alguém se manifeste. 

Cães são vistos de janela de apartamento no Jardim Macedo - Foto: Gabriela Bassi














































contendo 80 cachorros e um carro da cooperataxi
uns 20 filhotes e cães dentro



desde então eles ficamem casa latuindo e choram
e gritando incessantamente
yns 30 cães ficam num corredor de 5 metros
por menos no sol o doa todo
e a noite no sereno
e chorando sem parar
essa dona já foi denunciada por maus tratos
e mudou se para esse atual endereço.

13/09
maus tratos
denunciada enviada ao 8 dp de ribeirão preto
cativeira


















Gabrieala
suspeita maus tratos
f
inumeros boletim
confore noletyim feito pm
já chamamos váriioas vezes
eles oriemtnaram vários boletims
denúncias
policia de proteção
protocolo ministério público zoonoestes
1 mês e meio
mas tem um historico
jardim california
ela tinjha mais de 250 animais c acjhorros
a ong que acompanhou esse nos realta
que os cachorros

mora no prédio
meu apartamento dá de frente pra casa dela
copmsegue ver do quintal
foto e vídeos

na casa mora ela.
é uma mulher no maximo 50 anos
mãe dela
senhora
adolescente menino 15 anos.
empregada domestica
não parece todos os dias
dá uma limpada

eles se alimentam
alguns dias raros dias joga ração
mas eles tem que comer misturado
fezes e urina
e joga ração
situaçãio dific8il
causa repulsa nojo situaç~~ao difigil

a gente j´=a tentou falar com ela vários moradores
são muiotos cachorros para eles sde alimentarem
das proprias dezes, além do cjhorro, ruivos, latidos
eles brigam entre si.
acumulo das fezes mau cheiro
cheiro insuportavel
quantidade de moscas e vem para os apartamentos
já fomos vários lá conversar
reclamram a mulher em si não aparece
ela geralmente manda a mãe dela
ela é goresseira agressvia xinga
fala inumeros palavros
paciente psuqiatrica
tem historico
ela é uma pessoa complicada
meu apartamento dá de frente para casa dela
casa dela
antes de ela mudar.

bairro tranquiolo
jardim macedo.
um quarteiro
rua margarida 172.

zoonoestes
eles faram que isso não é caso que compete a eles
eles recolhem animais feridos neles
vigi,ancia nnenhum retorno meio ambiente não pdoe fazer nada

isso traz insetos e ratos entrar em casa de saúde publica
mas eles nçao opdoem fazer

denunciamos para ministério público.
mas n~so está fazendo atendimento presencial
pareceram email
mas os arquivos
referente ao caso das denúncias passei ]
esses email 20 dias.

praça em frente ao prédio
vamos nos reunir ali
bem em frente
a casa dela.
vamos ficar na calçãda com cartazes apitos
pedindo parecer de orhão publico para solucuionar esse problema

nós estamos incofmridades com isso estar acontecendo
e pertuibação dos sossego e
tem a questão dos animais ver da najela do meui querto
ver tudo que os bicnhosd estão
passando.
tendo que comer fezes
situação horrosa de se ver e presenciar
o fato de tentar encontrar
sensação de inpóptencia
para não temos retorno de nada

pedindo colabotaão de outros moradores do
bairro pedindo ajuda do corpo de medicina do
barão de maua
ongs
pessoal do curso de medicina virá
porque se tratar de um caso de saude publica
e saúde mental cade o creas e o cras para estar olhando esse mulher?

gabriela bassi
enfermeira
prédio
praça da rua margari


a moradora chegou de mudança no dia 10/09
contendo 80 cachorros e um carro da cooperataxi
uns 20 filhotes e cães dentro
desde então eles ficamem casa latuindo e choram
e gritando incessantamente
yns 30 cães ficam num corredor de 5 metros
por menos no sol o doa todo
e a noite no sereno
e chorando sem parar
essa dona já foi denunciada por maus tratos
e mudou se para esse atual endereço.

13/09
maus tratos
denunciada enviada ao 8 dp de ribeirão preto
cativeira

Mais notícias


Publicidade