Publicidade

cotidiano

Paciente desaparecido é achado morto em escada de hospital

Corpo do Idoso de 65 anos estava nas escadarias de emergência de uma área em construção no Hospital Santa Casa de Franca

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Santa Casa de Franca - Foto: Reprodução/EPTV

Depois de ser dado como desaparecido no Hospital Santa Casa da cidade de Franca, o pedreiro Jair Menezes da Silva, de 65 anos, foi encontrado morto nas escadarias de emergência de uma área em construção no local. O paciente deu entrada na unidade na terça-feira (12) após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral). 

VEJA TAMBÉM - Policial é atropelado durante perseguição na região de Ribeirão

A família afirma que o idoso chegou ao hospital lúcido, mas com dificuldade de movimentar o braço. No dia seguinte, à noite, a equipe informou sobre o sumiço. "Falaram que ele não estava [no quarto], que ele tinha sumido, não me deram nenhum motivo claro do que estava acontecendo. Com a cabeça quente, eu liguei para a minha mulher. Aí fizemos boletim de ocorrência", contou o filho Lineker Rodrigues. 

Na quinta-feira (14), a família foi avisada pelo hospital sobre o falecimento do pedreiro. Na certidão de óbito, a causa da morte aponta traumatismo craniano, agente contundente e queda. A família disse que pretende levar o caso à Justiça. "Vamos pedir as imagens do local da Santa Casa, vamos pedir os prontuários do seu Jair para verificar todas as alegações feitas e, posteriormente, ingressarmos com ação de indenização à família", disse a advogada Néria Buzatto.

Outro lado

Em nota, o Grupo Santa Casa lamentou o ocorrido e disse que o paciente tentou fugir do hospital por diversas vezes durante a internação. 

A Santa Casa ainda informou que o pedreiro conseguiu invadir uma área bloqueada onde está sendo construída a escada de emergência externa, que ainda aguarda regularização do Corpo de Bombeiros. 

"Informamos que a referida escada atende às normas de segurança, e o guarda-corpo (parapeito) possui 1,30 metros de altura, indicando-se ser improvável a ocorrência de qualquer tipo de queda acidental", disse em nota. 

Ainda de acordo com o hospital, o motivo da queda e a forma que o paciente conseguiu acessar a área da escada deverão ser esclarecidos durante a investigação policial. (Com EPTV) 

Pedreiro Jair Menezes da Silva, de 65 anos - Foto: Arquivo/família


Mais notícias


Publicidade