Publicidade

cotidiano

Motorista que atropelou e matou idoso disse que não percebeu acidente

O homem se apresentou à Polícia Civil na tarde desta quinta-feira (2) acompanhado de seu advogado; Ele afirmou ao delegado que só soube do ocorrido horas depois

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Idoso é atropelado e arrastado por caminhão na zona Sul de Ribeirão - Foto: Divulgação

O motorista do caminhão que atropelou e matou um idoso na manhã de quinta-feira (1), em Ribeirão Preto disse à Polícia Civil que não percebeu o atropelamento da vítima. 

Germano Antônio Fidelis de Oliveira, de 73 anos foi atropelado e arrastado por aproximadamente 100 metros na rua Conde Afonso Celso, no bairro Boulevard, na zona Sul da cidade.  

Em entrevista para a rádio CBN Ribeirão, o delegado do caso, Dr. Haroldo Chaud, disse que o homem de 44 anos chegou ao 4º DP (Distrito Policial) acompanhado de seu advogado. 

"Ele alega - ainda precisamos apurar - que não percebeu o acidente e que não percebeu que o corpo da vítima ficou preso ao caminhão e que ninguém o avisou (...) Ele disse que estava com o ar condicionado ligado, vidros fechados e com som", disse. 

O motorista foi identificado graças a uma testemunha que anotou a placa do caminhão. Ele é funcionário do Hospital das Clínicas e o veiculo pertence à Instituição. No momento do acidente era feito o transporte de recicláveis.

Ao delegado, o funcionário do HC disse que só soube do ocorrido horas depois, quando recebeu a ligação de um superior avisando que o veículo dele poderia ter se envolvido em um acidente.  

Em nota enviada à imprensa nesta quinta, o hospital disse que lamenta profundamente o que aconteceu. Afirma também que o funcionário está muito abalado e que vai colaborar com a investigação. 

Investigação  

O delegado disse que foi instaurado um inquérito de homicídio culposo na direção de veículo automotor [Culposo é  quando não há a intenção]

A Polícia já pediu exames periciais no caminhão e também vai pedir a análise das imagens para saber se houve o crime de omissão de socorro. Testemunhas também deverão ser ouvidas.  

Mais sobre o acidente 

O idoso de 73 anos estava atravessando a rua Conde Afonso Celso, quando foi atingida pelo veículo. Após ser atropelado, ele foi arrastado por aproximadamente 100 metros até o quarteirão da rua Garibaldi.

O atropelamento foi registrado por câmeras de segurança da região. Germano foi socorrido em estado grave para o Hospital São Lucas, mas não resistiu aos ferimentos. 




Mais notícias


Publicidade