Publicidade

cotidiano

Veja como ficou carro usado por padre para atropelar suspeito de furto

Veículo foi apreendido pela Polícia Civil em estacionamento de colégio Dominicano em Santa Cruz do Rio Pardo; Frei investigado foi ordenado em Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Carro pertence à Diocese de Ourinhos, diz a Polícia - Imagens cedidas: IBTV News

O carro usado pelo padre para atropelar um suspeito de furto à igreja São Sebastião em Santa Cruz do Rio Pardo foi apreendido para ser periciado pela Polícia Civil - veja o vídeo abaixo. 

O veículo GM/Prisma pertence à Diocese de Ourinhos e estava estacionamento no colégio Dominicano, que fica dentro do Santuário Nossa Senhora de Fátima em Santa Cruz.  

VEJA TAMBÉM - Mulher morre minutos depois de ter alta da UPA em Ribeirão Preto

O freio Gustavo Trindade dos Santos, de 37 anos, ordenado no ano passado em Ribeirão Preto, se apresentou nesta quinta-feira (11), no fórum de Santa Cruz do Rio Pardo (SP). Ele aguarda ser intimado para prestar depoimento.

Ângelo Marcos dos Santos Nogueira, de 40 anos, suspeito do furto à paróquia segue internado na Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos.   

De acordo com a Polícia Civil, o caso é investigado como tentativa de homicídio e omissão de socorro, pois o padre não parou para prestar socorro à vítima. 

Pedido de previsão 

Nesta terça-feira (10) a Justiça negou o pedido de prisão preventiva feito pela Polícia Civil contra o frei Gustavo. O Ministério Público havia recomendado o indeferimento do pedido. 

A justificativa é de que o padre não oferece risco, e que os advogados dele estão colaborando com as investigações, aponta em sua decisão o juiz Pedro de Castro e Sousa. 

Já Ângelo teve a prisão preventiva decretada ainda no sábado (7) após ser socorrido do atropelamento. Ele deve passar por audiência de custódia quando receber alta do hospital.  

Segundo o boletim de ocorrência Ângelo furtou a casa paroquial da Igreja São Sebastião arrombando uma das janelas. Ele fugiu do local levando três moletons e uma camiseta. 

O homem também é o principal suspeito de um outro furto à paróquia, realizado na última quinta-feira (5), onde foram levados R$ 40 reais em moedas.   


Outro lado

O acidadeon ainda não conseguiu contato com a defesa do frei Gustavo. Desde o acidente, o padre só se manifestou publicamente via uma nota compartilhada pela Diocese de Ourinho e assinada pelo frei André Luís Tavares, provincial dos Frades Dominicanos do Brasil, e pelo dom Eduardo Vieira dos Santos, Bispo de Ourinhos.

"Informamos que frei Gustavo se encontra profundamente consternado e arrependido pelo trágico desfecho e conclama a todos os fiéis por orações pela vida do sr. Ângelo Nogueira, que está em recuperação da UTI da Santa Casa da cidade", escreve a nota.  

Ainda segundo o comunicado, Freio Gustavo está cooperando com as investigações e se colocou à disposição da justiça para os esclarecimentos necessários e eventual responsabilização.      

Carro usado por padre para atropelar suspeito de furto pertence à Diocese de Ourinhos - Imagens cedidas: IBTV News

Mais notícias


Publicidade