Publicidade

cotidiano

Avião cai e deixa 2 paraquedistas mortos e 14 feridos em Boituva

Aeronave colidiu com torre antes de sofrer queda na tarde desta quarta (11); Acidente ocorre 3 semanas após paraquedista morrer na cidade

| ACidadeON/Ribeirao -

Cenipa irá apurar causas do acidente (Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros)
Um avião caiu e deixou dois paraquedistas mortos e outras 14 pessoas feridas nesta quarta-feira (11), em Boituva. A cidade é conhecida como capital nacional do paraquedismo.   

A aeronave, utilizada por paraquedistas para salto, colidiu com uma torre e acabou caindo em uma área de pasto próxima à estrada vicinal Alfredo Boratini.
 
VEJA TAMBÉM: Acidente com vítima causa congestionamento em rodovia de Ribeirão 
 
A informação é do Corpo de Bombeiros. Além do piloto, 15 passageiros estavam a bordo.

Todos foram socorridos com vida, informaram os bombeiros. O Hospital São Luiz confirmou as mortes dos dois paraquedistas nesta tarde.

Ao todo, nove vítimas foram atendidas no São Luiz. Além dos paraquedistas que morreram, outros três chegaram ao hospital em estado grave, segundo a própria unidade.

Após o acidente, houve vazamento de combustível da aeronave. O local precisou ser isolado por equipes de resgate.

As causas deverão ser apuradas pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos). As vítimas não foram identificadas.    
 
Tragédia 
 
O acidente ocorreu três semanas após a paraquedista do Exército Bruna Ploner, de 33 anos, morrer depois de uma tentativa de pouso na cidade. Na ocasião, a vítima chegou a sofrer um politraumatismo. 
 
Avião levava paraquedistas (Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros)

Mais notícias


Publicidade